‘Natureza Concreta’ expõe limites na relação dos seres humanos com o meio ambiente


Ainda há de chegar o dia em que todos os seres humanos (ou boa parte deles) compreenderão que somos parte da natureza e, finalmente, entenderão sua importância. Mas, enquanto isso não acontece, vamos ‘navegando’ entre boas e más notícias e buscando compreender melhor nossa relação com o meio ambiente em que vivemos – tenha natureza ou não! A exposição Natureza Concreta – Caixa Cultural Rio de Janeiro, até 12 de novembro – reúne 94 obras de 17 artistas e coletivos para colaborar com essa reflexão.

São 94 obras – fotografias, vídeos e instalações – de Alexandre Sant’Anna, Ana Quintela & Talitha Rossi, Ana Stewart, Bruno Veiga, Cássio Vasconcellos, Claudia Jaguaribe, Gilvan Barreto, Greice Rosa & Grupo A CASA, Hugo Denizart, Iatã Cannabrava, José Diniz, Luiz Baltar, Marco Antonio Portela, Pedro Motta, Rogério Faissal e Rogério Reis, que revelam peculiaridades dos grandes centros urbanos e de paisagens naturais. A mobilidade, a moradia, a tecnologia, a ecologia, a história estão lá representados, sempre mantendo o ser humano em perspectiva e revelando um novo olhar.

“Os trabalhos operam em um campo ampliado da fotografia e expõem os limites entre natureza e cultura, objetividade e subjetividade”, diz o curador, Mauro Trindade.

A natureza está presente (ou representada) nos bichos da série Inocência, de Ana Stewart, na Amazônia de Alexandre Sant’Anna I(foto que ilustra este post), nos postcards de Gilvan Barreto, nas séries Quando Eu Vi – Bibliotecas, de Claudia Jaguaribe, e Parques, de Rogério Faissal. Sua ausência total está nos trabalhos de Iatã Canabrava, Bruno Veiga e Rogério Reis. Só para citar alguns.

Atividades como rodas de conversa e visitas guiadas integram a programação, por isso, se você não quiser perder nenhuma oportunidade, é bom acompanhar pela página da exposição no Facebook. Em 28/10 (sábado), às 15h, por exemplo, o curador e alguns artistas recebem o público para bate-papo gratuito.

Agora, fique com a beleza de algumas das obras expostas na Caixa Cultural Rio de Janeiro, Galeria 4 (Rua Almirante Barroso, 25, Centro).

Postcards, Gilvan Barreto

Dois Leopardos, Série Inocência, Ana Stewart

Sem Titulo, Série Terra Roxa, José Diniz

Uma Outra Cidade, Iatã Canabrava

Série Parques, Rogério Faissal

 

Cara de Paisagem, Marco Antonio Portela

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na revista Claudia, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, da mesma editora, considerado pela United Nations Foundation como o maior portal no tema. Integrou a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade e, em 2015, participou da conferência TEDxSãoPaulo.

Mônica Nunes

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na revista Claudia, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, da mesma editora, considerado pela United Nations Foundation como o maior portal no tema. Integrou a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade e, em 2015, participou da conferência TEDxSãoPaulo.

Deixe uma resposta