Na última década, desmatamento na Amazônia chegou a 62 mil km2, o equivalente a 8,4 milhões de campos de futebol

Na última década, desmatamento na Amazônia chegou a 62 mil km2, o equivalente a 8,4 milhões de campos de futebol

Ao final de cada década, a Royal Statistical Society, organização britânica fundada em 1834, faz um estudo sobre as estatísticas que representam o “zeitgeist” (termo em alemão que significa “o espírito de uma época”) dos últimos dez anos, ou seja, um número que demonstra algo muito marcante naquele período.

Há poucas semanas, a entidade anunciou o ganhador da “Estatística Internacional da Década”. Ou melhor, o número vencedor. E ele é: 8,4 milhões!

8,4 milhões de campos de futebol é o equivalente à área da Floresta Amazônica que foi desmatada desde o começo dos anos 2000. Frequentemente, a metáfora (campos de futebol) é utilizada para que os leigos tenham noção do tamanho de alguma coisa.

Em medidas tradicionais, o levantamento realizado pela organização britânica apontou que o desmatamento na Amazônia brasileira chegou a 62 mil km2.

Os números divulgados pela Royal Statistical Society tiveram como base dados e informações do monitoramento do desmatamento feito pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

“As florestas tropicais insubstituíveis como a Amazônia estão encolhendo a um ritmo alarmante e essa estatística fornece um visual muito poderoso de uma questão ambiental extremamente importante. Muito se discutiu sobre o meio ambiente nos últimos anos e o painel de juízes considerou que essa estatística era altamente eficaz na captura de um dos piores exemplos de degradação ambiental da década”, destacou Jennifer Rogers, presidente do painel de jurados e vice-presidente da entidade.

Desde 2010, quilômetros e quilômetros da Floresta Amazônica foram derrubados para dar lugar a pastos de gados, que emitem milhões de toneladas de carbono a cada ano. “Essa estatística, embora apenas forneça um instantâneo do problema, consegue fornecer uma visão da mudança dramática na paisagem que ocorreu nos últimos dez anos”, alertam os especialistas da Royal Statistical Society.

Na última década, desmatamento na Amazônia chegou a 62 mil km2, o equivalente a 8,4 milhões de campos de futebol

Gráfico acima mostra a redução na cobertura florestal da Amazônia
entre 1970 e 2015

Gráfico: The Conversation, CC-BY-ND – Fonte Mongabay

Leia também:
Amazônia tem aumento de mais de 200% no desmatamento em outubro, apontam alertas do Imazon
Governo dá presentão de Natal para quem desmata ilegalmente na Amazônia
Vídeo impressionante mostra dimensão do impacto dos incêndios no planeta em 2019

Foto: Mayke Toscano/Gcom-MT/Fotos Públicas

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta