Molho branco: natureba, sem lactose, sem glúten e de dar água na boca!

molho branco

Se você, assim como eu, precisa de uma refeição comfort food, que te lembra momentos especiais, e com carinha de “estou fugindo da dieta”, mas sem sair da linha, esta é uma receita para você! Nem dá para acreditar que é natureba, vegano, sem lactose, sem glúten e baixo carboidrato.

A couve-flor por muitas vezes é esquecida ou trocada por outras hortaliças de sabor mais forte, mas agora é a sua hora de brilhar em preparações deliciosas.

Capaz de prevenir alguns tipos de câncer, a couve-flor colabora com a conservação celular por possuir altas quantidades de antioxidantes, e previne assim, a mutação celular. Hortaliças da família crucífera (couve flor, brócolis, repolho…) contém em especifico um tipo de antioxidante –indol 3 carbinol- que, segundo vários estudos, é eficiente na prevenção do câncer de próstata, mama, endometrial e cervical.

Incrível um molho branco fazer tão bem e ainda ser gostoso, parece até que não é verdade. Chegou o momento de provar!

Molho branco de couve-flor

INGREDIENTES
1 xícara de couve-flor cozida
¼ xícara da água do cozimento da couve-flor
1 colher de sopa de polvilho azedo
½ cebola média cortada em cubinhos
1 dente de alho cortado em rodelas finas
1 colher de sopa de óleo de soja
1 pitada de noz moscada em pó
Sal o quanto baste

MODO DE PREPARO

Coloque no liquidificador a couve-flor e a água. Triture até virar um creme. Misture então o polvilho azedo (que dá um gostinho quase de catupiry a este molho) e reserve.

Em uma panela antiaderente, refogue a cebola e o alho em óleo de soja orgânico. Adicione o creme de couve já triturado com o polvilho. Tempere a gosto com sal e noz moscada e mexa até engrossar um pouquinho.

Quando borbulhar, estará pronto. Tão simples, tão descomplicado, tão saudável e especialmente gostoso!

A dica para dias mais quentes ou para turbinar a salada é fazer espaguete com outros vegetais. Abobrinha italiana e cenoura são os preferidos para acompanhar este molho. Basta lavar, descascar e filetar no formato de espaguete.

*Este molho branco pode substituir o molho tradicional em todas as preparações.

Foto: Frany Müller

Ecoculinarista, educadora, mãe e vegana. Amante da poesia que é cozinhar, se dedica a mostrar, através de sabores, que é possível ter uma vida saudável e muito gostosa. Cofundadora do projeto “Guria Verde – culinária funcional”, ensina o preparo de receitas alternativas descomplicadas e saudáveis para as delícias que conhecemos desde a infância e amamos até hoje. Realiza palestras e workshops sobre alimentação

Frany Müller

Ecoculinarista, educadora, mãe e vegana. Amante da poesia que é cozinhar, se dedica a mostrar, através de sabores, que é possível ter uma vida saudável e muito gostosa. Cofundadora do projeto "Guria Verde - culinária funcional", ensina o preparo de receitas alternativas descomplicadas e saudáveis para as delícias que conhecemos desde a infância e amamos até hoje. Realiza palestras e workshops sobre alimentação

Deixe uma resposta