Mobilização Mundial pelo Clima tem adesão de 13 cidades brasileiras. Em SP, programação será intensa. Vamos?

mobilizacao-mundial-pelo-clima-leticia-sabatella-800x445
“Para mudar o clima, precisamos de todo mundo”. Com este slogan e o tema Entrando no Clima, inúmeras cidades vão aderir à Mobilização Mundial pelo Clima, como aconteceu nos anos anteriores, na véspera da Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas.

Este ano, a COP21 será realizada em Paris, de 30/11 a 11/12, mas, por conta dos atentados terroristas na capital francesa, o governo proibiu qualquer manifestação pública. Não vai ter mobilização lá, mas, aqui no Brasil, os organizadores prometem reunir milhares de pessoas. Treze cidades aderiram, até agora: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba, Fortaleza, Belo Horizonte, Goiânia, Recife, Joinville, Manaus, Natal e Uberlândia.

Acompanhe a movimentação pela página da mobilização nacional no Facebook.

A ideia é incentivar os brasileiros a se engajarem na véspera da conferência para protestar contra as mudanças climáticas e a falta de compromisso dos países para reduzir os impactos do aquecimento global e adotar uma economia de baixo carbono (menos emissões de gases de efeito estufa), para que a temperatura na Terra não suba acima de 2ºC. E a ideia é aproveitar a mobilização para destacar outros temas urgentes como a crise hídrica e o desastre ambiental causado pela lama tóxica da Samarco (Vale e BHP Biliton) e também a incompetência política para lidar com os dois casos.

Em São Paulo, a Mobilização Mundial pelo Clima terá programação intensa. O ponto de encontro será na Avenida Paulista, em frente ao MASP – Museu de Arte de São Paulo. Das 11h às 14h, estão programadas atividades culturais (jogos, apresentação dos postes solares que iluminarão a marcha e o show) e oficinas (composteira, resíduos sólidos e cisterna).

A marcha sairá do MASP às 14h. Durante o percurso será cantado o samba enredo da mobilização: “Tá com calor? Entre no clima! / Água faltou? Entre no clima! / Para, pensa, imagina: como será chegar a 6 graus pra cima!”. Ainda não conhece a letra? Não tem problema! Já dá para ensaiar pelo SoundCloud.

O destino da marcha será o Parque do Ibirapuera, onde Lenine, Arnaldo Antunes e Mariana Aydar farão show a partir das 17h, com apresentação da atriz e ativista dos direitos humanos, Letícia Sabatella.

Mas não é preciso protestar para participar dessa “festa”. A programação inclui atividades fora do MASP também:
– o Instituto Alana aderiu à mobilização com uma feira de troca de brinquedos na Casa das Rosas (Avenida Paulista, 37);
– o WWF Brasil promoverá oficinas para confecção de cartazes que serão usados na marcha, em frente ao Consulado Italiano (Avenida Paulista, 1963);
– e, quem quiser aproveitar a oportunidade para aprender a andar de bicicileta, pode encontrar o pessoal do Bike Anjo na Praça dos Arcos, em frente à esquina das avenidas Paulista e Angélica.

Acompanhe a programação da Mobilização Mundial pelo Clima em São Paulo e outras cidades.

E, agora, assista aos vídeos com os artistas que já aderiram a esta causa nobre: Lenine, Arnaldo Antunes, Mariana Aydar, Letícia Sabatella e Marcos Palmeira:

Foto: Divulgação

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na revista Claudia, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, da mesma editora, considerado pela United Nations Foundation como o maior portal no tema. Integrou a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade e, em 2015, participou da conferência TEDxSãoPaulo.

Mônica Nunes

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na revista Claudia, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, da mesma editora, considerado pela United Nations Foundation como o maior portal no tema. Integrou a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade e, em 2015, participou da conferência TEDxSãoPaulo.

2 comentários em “Mobilização Mundial pelo Clima tem adesão de 13 cidades brasileiras. Em SP, programação será intensa. Vamos?

Deixe uma resposta