O livro “Memórias dos Desbravadores de Cavernas” terá dois lançamentos, em maio e junho, no Paraná

marcos-amend-caverna-crowdfunding-800x445
O livro “Memórias dos Desbravadores de Cavernas” foi produzido graças à campanha de crowdfunding – que arrecadou R$ 34.177, valor superior a meta (ver detalhes no texto abaixo) – e seu lançamento será realizado em dois encontros: um em 14 de maio, na Gruta do Parque Bacaetava (quando também será celebrada a criação do parque), em Colombo (PR) e outro em 5 de junho, Dia do Meio Ambiente, no Museu Alfredo Andersen, em Curitiba.

Leia, abaixo,13 a notícia original publicada em 8/3/2016 e atualizada em 11/3/2016

Nos anos 80 – mais precisamente em 1986 -, um grupo de jovens estudantes universitários se embrenhou pelas cavernas da região metropolitana de Curitiba para desvendar os mistérios do universo subterrâneo, em busca do desconhecido e de fortes emoções. Todos eram amantes da natureza e estudavam principalmente Geografia, Geologia ou Biologia.

Na época, havia apenas treze cavernas conhecidas. Foi devido ao empenho e à curiosidade desse grupo – os primeiros espeleólogos da região! – e também ao amor que nutriam por esse mundo escuro e úmido, foram descobertas e registradas cerca de 300 cavernas no Estado do Paraná. Isso significa não só o mapeamento de cavernas desconhecidas, mas também que muitas delas foram salvas da exploração mineradora.

Assim, em 27/3/1986, surgiu o Grupo de Estudos Espeleológicos do Paraná (GEEP-Açungui), instituição sem fins lucrativos, que tem por finalidade estudar e proteger as cavernas da região.

Trinta anos depois, o grupo está editando um livro muito especial para apresentar as memórias desses desbravadores. A obra reúne cerca de 50 contos de pesquisadores que relatam histórias de descobertas e aventuras, ilustradas por desenhos da artista Birgitte Tummler, participante do grupo.

“A edição está a cada dia mais bacana! Já se somam mais de 50 autores e mais de 90 contos, cada qual com seu charme, seja porque falam dos imprevistos, da aventura em si, das emoções, das singularidades, de situações cômicas ou dos aspectos ambientais. Enfim, esta publicação é uma visão da relação homem-natureza pelo próprio espeleólogo ao longo de 30 anos de desafios!”, destaca Birgitte.

O livro Memórias dos Desbravadores de Cavernas será lançado, no final deste mês, no Parque Municipal da Gruta do Bacaetavauma das unidades de conservação apoiadas pelo GEEP Açungui – com uma exposição dos desenhos de Birgitte, que ficará aberta à visitação do público até junho.

Cerca de 50 livros serão distribuídos gratuitamente para as bibliotecas públicas do estado e secretarias do meio ambiente e de educação de todos os municípios onde há cavernas na região metropolitana de Curitiba. Os demais exemplares serão vendidos a preço de custo em livrarias. A receita total servirá de subsídio para o desenvolvimento de atividades de pesquisa e proteção de cavernas na região visitada pelo GEEP-Açungui.

O apoio do público – por meio de crowdfunding – foi essencial

Para viabilizar o projeto, o grupo optou pelo financiamento coletivo, divulgado pelo Catarse até 10/3, com meta de R$ 32 mil. Os interessados podiam participar com valores a partir de 10 reais, mas, com apenas 50 reais, já dava para garantir um exemplar do livro com o registro de seu nome na publicação. Chique!

Poucos minutos (menos de 15) antes de terminar o crowdfunding, entrei no site para fazer minha contribuição e fique super feliz: vi que o grupo já tinha alcançado a meta. Participei e saí, mas o que eu não sabia é que várias outras pessoas estavam fazendo o mesmo nos últimos minutos da campanha.

Agora – 11/3, às 14h29 – fui ao site novamente para me certificar do valor final correto e… surpresa! O total arrecadado chegou a R$ 34.177!!!

Que bacana ver que tem muita gente que quis ajudar a preservar esta parte da história da luta ambiental no Brasil!! 

Foto: Marcos Amend

Mônica Nunes

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na revista Claudia, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, da mesma editora, considerado pela United Nations Foundation como o maior portal no tema. Integrou a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade e, em 2015, participou da conferência TEDxSãoPaulo.

Um comentário em “O livro “Memórias dos Desbravadores de Cavernas” terá dois lançamentos, em maio e junho, no Paraná

Deixe uma resposta