Londres vai receber Trump com balão gigante inflável de bebê chorão

Londres vai receber Trump com balão gigante inflável de bebê chorão

Os ingleses tentaram barrar a visita do presidente americano Donald Trump ao Reino Unido, entretanto, não conseguiram. Mas nem por isso vão deixar a revolta passar em branco. Já estão confirmados protestos por toda a capital e também, na Escócia.

Um dos principais – e mais engraçados e apropriados – será um balão gigante inflável, com 6 metros de altura, com a cara de um bebê Trump chorão. Segundo os organizadores da iniciativa, nada representa melhor o presidente dos Estados Unidos que uma criança imatura, que não tem argumentos para debater nada e só faz caretas. “Trump odeia quando as pessoas fazem piadas com ele. Então quando ele estiver aqui, na sexta, queremos ter certeza que ele saiba que a Inglaterra está olhando lá de cima e gargalhando dele”, disse Leo Murray, um dos responsáveis pelo protesto.

O prefeito de Londres, Sadiq Khan liberou o voo do balão, que deve pairar sobre o parlamento britânico na próxima sexta-feira (13/07). Paralelamente, será realizada a marcha “Stop Trump” no centro da cidade. Perto dali, na 10 Downing Street, o presidente vai ser recebido pela primeira-ministra britânica Theresa May.


Ilustração de como será o protesto com o baby Trump gigante

Para viabializar a fabricação do bebê Trump chorão, foram promovidas uma petição online (com mais de 10 mil assinaturas) e um financiamento coletivo, que conseguiu arrecadar 16 mil libras, o equivalente a quase 83 mil reais.

De fralda e com celular na mão: ridicularizão total! 

A revolta dos ingleses é compartilhada com cidadãos do mundo todo. Desde que assumiu a Casa Branca, Donald Trump adotou uma política retrógrada e xenófoba. Restringiu a entrada dos imigrantes no país, cortou investimentos ao sistema de saúde público criado por seu antecessor, Barack Obama, e revogou várias leis de proteção ambiental, sem contar que tirou os Estados Unidos do Acordo do Clima de Paris.

Inclusive, ontem, seu polêmico ministro do Meio Ambiente, o administrador da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos, Scott Pruitt, pediu demissão (finalmente!). A renúncia acontece após a imprensa revelar uma enxurrada de escândalos em que ele estava envolvido. Já vai tarde!

Nada como o bom humor britânico para mostrar que a ignorância e o fascismo não são bem-vindos em seu país!

Leia também:
Trump muda regras para caça e volta a permitir métodos cruéis contra ursos e lobos
Cerveja lança edição pelo aquecimento global: embate entre Trump x Urso Polar
‘Ministro do Meio Ambiente’ de Trump é eleito uma das 10 personalidades da ciência de 2017
Marca de roupas Patagonia processa Trump por reduzir reservas de proteção ambiental e cultural
Trump revoga proibição de entrada nos Estados Unidos de troféus de caça de elefantes

Fotos: divulgação Baby Trump UK 

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou em Zurique, na Suíça, de onde colaborou para diversas publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Info, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Atualmente vive em Londres.

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou em Zurique, na Suíça, de onde colaborou para diversas publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Info, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Atualmente vive em Londres.

Deixe uma resposta