Leonardo DiCaprio e dois filantropos bilionários criam aliança para combater crise climática e perda da biodiversidade

Leonardo DiCaprio e dois filantropos bilionários criam aliança para combater crise climática e perda da biodiversidade

“Tudo o que conhecemos e amamos está ameaçado pelas mudanças climáticas, e cada um de nós deve perguntar a si mesmo e ao próximo o que mais podemos fazer para proteger o planeta que compartilhamos… Earth Alliance é parte da nossa resposta. Tenho orgulho de me juntar a Leo e Brian para tornar possível uma Terra habitável para as futuras gerações … Vamos  inspirar as pessoas, independentemente da idade, raça, ou geografia, para se erguerem como líderes pelo nosso mundo natural e salvaguardar o nosso planeta em perigo”.

O texto acima é de Laurene Powell Jobs, viúva do criador da Apple, Steve Jobs, e fundadora da organização Emerson Collective, ao anunciar a criação da Earth Alliance, ao lado do ator e ativista americano Leonardo DiCaprio e do investidor e (também bilionário e filantropo) Brian Sheth, presidente do fundo Vista Equity e da Global Wildlife Conservation.

Segundo o comunicado oficial divulgado pelos três fundadores da nova iniciativa, o lançamento é uma resposta à crescente crise climática e à surpreendente perda de biodiversidade, ameaçando a estabilidade da vida na Terra.

A aliança marca um compromisso compartilhado para lidar com essas ameaças interligadas. Os dados climáticos das últimas décadas mostraram crescimento acentuado nos desastres naturais, piorando a segurança alimentar para dezenas de milhões de pessoas, rápida extinção de espécies, aumento do deslocamento comunitário, acidificação oceânica e mortes humanas – causadas ou exacerbadas pela destruição de nosso mundo natural”, diz o texto.

DiCaprio é uma das mais importantes vozes, em Hollywood, na luta para combater o aquecimento global. Em 2014, foi nomeado pelas Nações Unidas como Embaixador pela Paz e desde 1998, a fundação que criou e leva seu nome, financia projetos ao redor do mundo para a proteção e conservação do meio ambiente, animais, direitos indígenas e também, que desenvolvam soluções inovadoras contra os extremos climáticos.

Agora, sua fundação se funde à Earth Alliance.

“Estou muito orgulhoso do impacto que minha fundação teve nos últimos 20 anos, apoiando quase 200 projetos de 132 organizações diferentes, em áreas como ciência climática, conservação marinha e terrestre, preservação crítica de espécies e direitos indígenas”, disse o ator. “Hoje começa o próximo passo na evolução da fundação, à medida que ela se funde totalmente sob a nova estrutura de gerenciamento e concessão de doações da Earth Alliance”.

A perspectiva é que a nova organização, maior e mais poderosa, tenha mais força e com isso, gere mudanças em grande escala. Entre as ações previstas estão oferta de capacitação educacional e cultural, engajando comunidades locais e indígenas, e trabalho com organizações de base e indivíduos nos lugares mais afetados pela perda da biodiversidade e pelas mudanças climáticas.

A aliança financiará ainda campanhas de grande porte, documentários, e reportagens ambientais independentes, para que mais e mais pessoas se mobilizem pelo futuro do planeta.

A Earth Alliance será liderada por uma equipe de gerenciamento independente de cientistas e conservacionistas mundialmente renomados (nomes serão divulgados nos próximos meses) e que “trabalharão globalmente para proteger os ecossistemas e a vida selvagem, garantir a justiça climática, apoiar as energias renováveis e garantir os direitos indígenas em benefício de toda a vida na Terra“, finaliza o comunicado.

Leia também:
Leonardo DiCaprio produz e narra novo documentário sobre crise climática: “Gelo em Chamas”
Leonardo DiCaprio denuncia desmatamento na Amazônia em seu #desafio10anos
Leonardo DiCaprio entrega a Trump plano para criação de milhões de empregos verdes
Leonardo DiCaprio ganha Oscar e faz um discurso emocionante pelo planeta
Leonardo DiCaprio recebe prêmio e condena combustíveis fósseis em discurso em Davos

Foto: reprodução vídeo Youtube

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta