Jardim das Brincadeiras: um paraíso para a família brincar com a natureza

Já pensou o que pode acontecer quando o desejo de brincar com a natureza movimenta nosso coração? Pois bem, Guilherme Blauth (que já apareceu aqui, no blog, quando apresentamos os jogos Kablan e Cipó) se reuniu com vizinhos em Paulo Lopes – em Santa Catarina e próximo de Florianópolis -, e juntos estão ‘gestando’ um parquinho natural que nasce no próximo sábado, 21/10.

Conversamos com o Guilherme para saber mais detalhes do projeto e contamos tudo aqui, a seguir:

“O Jardim das Brincadeiras é um espaço-laboratório, para brincar de criadores de mundos, exercitar nossa arquitetura orgânica e a pedagogia livre. Para inspirar pessoas e coletivos a criarem espaços como este em qualquer outro lugar”, resume ele com os desejos do coletivo para o lugar.

Um dos vizinhos viu em seu terreno a possibilidade de ocupação pelas crianças. O terreno é plano, mas não totalmente, o que é perfeito para o projeto. “Afinal, precisamos de declives”, ressalta o educador. Além desta característica tão importante, “o terreno é ensolarado, fica ao lado de um riacho, tem dois lagos próximos e é rodeado de floresta. Conversei com dois outros vizinhos sobre a ideia de montarmos um parquinho natural e eles toparam”.

Assim, o Jardim das Brincadeiras (que também é o nome do e-book de brincadeiras na natureza) está nascendo das contribuições dos saberes de cada um dos integrantes do grupo. Após um ano de planejamento, o espaço está preparado para ganhar ainda mais possibilidades pelos olhares das crianças.

Alguns brinquedos que lá estão foram construídos pelos adultos. “Eles são uma espécie de porta de entrada, uma sala de espera do paraíso. Eles são mais seguros e óbvios que o resto dos brinquedos incríveis e únicos que você encontra no meio da mata. Porém, percebemos que os brinquedos construídos são mais importantes para as crianças menores e para aplacar o medo do risco que resiste nos corações dos pais”, conta.

Ele ainda ressalta que o espaço foi essencialmente pensado para o brincar livre e a aproximação com a natureza. “A ideia é que as crianças, conforme ganham confiança no espaço e com seus pais, conquistem também autonomia e passem a explorar lugares novos. Queremos facilitar o acesso a diversos tipos de “esconderijos”, lugares onde crianças podem estar em paz, ouvindo o barulhinho do fluxo do rio, por exemplo”, diz Guilherme.

Então, a partir de 21/10, o Jardim das Brincadeiras promoverá encontros para receber as famílias para brincar, das 10h às 17h. Quem quiser acompanhar a programação, é só seguir a página da inauguração no Facebook.

Uma iniciativa como essa, concebida com tanta delicadeza e profundidade, precisa ser conhecida e servir de inspiração para muitas outras. Que seja um sucesso, com cada vez mais crianças brincando e aprendendo com a natureza!!! E que inspire muitos adultos a replicar a ideia em outras paisagens pelo Brasil.

Agora, fique com o vídeo de apresentação do projeto e veja como não é exagero chamá-lo de paraíso.

Foto: Igor Pavezi

Ana Carolina é pedagoga, especialista em psicomotricidade e educação lúdica, e trabalha com primeira infância. Rita é bióloga e socióloga, ministra cursos, vivências e palestras para aproximar crianças e adultos da natureza. Quando se conheceram, em 2014, criaram o projeto “Ser Criança é Natural” para desenvolver atividades com o público. Neste blog, mostram como transformar a convivência com os pequenos em momentos inesquecíveis.

Ana Carolina Thomé e Rita Mendonça

Ana Carolina é pedagoga, especialista em psicomotricidade e educação lúdica, e trabalha com primeira infância. Rita é bióloga e socióloga, ministra cursos, vivências e palestras para aproximar crianças e adultos da natureza. Quando se conheceram, em 2014, criaram o projeto “Ser Criança é Natural” para desenvolver atividades com o público. Neste blog, mostram como transformar a convivência com os pequenos em momentos inesquecíveis.

Deixe uma resposta