Inscrições abertas para curso que forma líderes em Clima, Floresta e Agricultura

curso Imaflora

O Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora) e parceiros promovem o primeiro curso indicado a profissionais que atuam com políticas públicas florestais, agrícolas e climáticas. O objetivo é difundir o conceito, os princípios e as práticas de Governo Aberto, além de aproximar organizações que atuam com o tema.

O conceito de “Governo Aberto” se refere à projetos e ações que visam à promoção da transparência, à luta contra a corrupção, ao incremento da participação social e ao desenvolvimento de novas tecnologias, de modo a tornar as administrações públicas mais efetivas e responsáveis.

O conteúdo do curso do Imaflora é voltado a membros de organizações da sociedade civil, setor privado e órgãos públicos que atuam com Clima, Floresta e Agricultura. Serão abordados conhecimentos práticos e teóricos em temas como transparência, acesso à informação e dados abertos, participação social, governo aberto e accountability.

O coordenador de políticas públicas do Imaflora, Renato Morgado, afirma que o bom funcionamento de instrumentos de participação, de transparência e de prestação de contas, ou seja, de governo aberto, são condições essenciais para a elaborar e implementar políticas públicas e conciliar conservação ambiental, desenvolvimento econômico e garantia de direitos.

O curso de Governo Aberto para lideranças em Clima, Floresta e Agricultura é promovido pelo Imaflora, com o apoio da CLUA (Climate and Land Use Alliance) e parceria das instituições Artigo 19, Escola de Dados, Open Knowledge Brasil, Agenda Pública, Observatório do Clima, Observatório do Código Florestal, ICV (Instituto Centro de Vida), Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) e Fellowship OEA de Governo Aberto nas Américas.

O curso é gratuito e está organizado em três etapas: a primeira à distância, em setembro; a segunda, presencial, na sede do Imaflora (4, 5 e 6 de outubro), em Piracicaba; e a terceira, voltada à elaboração de projetos e conclusão dos tabalhos (em dezembro).

As vagas são limitadas e as inscrições estão abertas até o dia 20 de agosto no site do Imaflora.  Os interessados podem se inscrever no processo seletivo. Para ampliar a participação dos participantes, o Imaflora vai avaliar eventuais subsídios aos candidatos que necessitem. Mais informações aqui.

*Texto publicado originalmente em 03/08/2017 no site do Observatório do Clima

Imagem: divulgação

Deixe uma resposta