Holandeses inauguram ciclovia feita com plástico reciclado

ciclovia feita de plástico

Até hoje, as principais cidades do mundo usam asfalto para pavimentar suas ruas, estradas e rodovias, uma tecnologia desenvolvida no século 18. A fabricação do asfalto, produto derivado do petróleo, é responsável pela liberação na atmosfera de 1,5 milhão de toneladas de CO2 por ano, o equivalente a 2% das emissões globais do setor de transporte rodoviário. O gás carbônico (CO2) é o gás apontado como sendo o principal responsável pelo aquecimento global.

Todavia, uma nova tecnologia desenvolvida por uma parceria entre diversas empresas da Holanda permite que a construção de estradas seja feita em dias, em vez de meses, que a durabilidade seja três vezes maior, além de solucionar o problema de alagamentos e reciclagem de lixo plástico.

Chamadas de “estradas de plástico”, a primeira delas foi inaugurada recentemente na cidade de Zwolle, a cerca de 100 km da capital Amsterdam. É uma ciclovia feita inteiramente com garrafas, embalagens e copos de plástico reciclados. O trecho inicial tem 30 metros e utiliza o equivalente a 218 mil copos plásticos reciclados ou 500 mil tampas de garrafa PET.

No lugar do asfalto, a estrada ou ciclovia é montada com blocos/módulos pré-fabricados, que por terem como matéria-prima plástico reciclado, são extremamente leves e tornam mais fácil seu transporte e instalação – 70% mais rápida do que uma estrada convencional com betume.

Os blocos são ocos, então podem ser colocadas tubulações que permitem que a água da chuva seja escoada para fora, evitando assim, inundações. O sistema também garante uma manutenção menor e mais simples, quando necessária, garantem os fabricantes.

A ciclovia de Zwolle está equipada com sensores para monitorar o desempenho da tecnologia: temperatura, número de ciclistas e durabilidade da mesma.

Em novembro, uma nova ciclovia de plástico será inaugurada na cidade holandesa de Giethoorn.

Leia também:
Berlim ganha projeto de reforma de ciclovia coberta, com hortas comunitárias e piso que gera energia
Maior ciclovia elevada do mundo tem 7,5 km e fica na China
Vá de bike! App mapeia ciclovias e indica onde alugar bicicletas em SP
Ciclovia que brilha no escuro é recarregada com energia solar
Ciclovia gigante na Alemanha pode tirar 50 mil carros das ruas

Foto: divulgação prefeitura de Zwolle

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para várias publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, acaba de mudar para os Estados Unidos

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para várias publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, acaba de mudar para os Estados Unidos

Um comentário em “Holandeses inauguram ciclovia feita com plástico reciclado

  • 19 de setembro de 2018 em 8:42 PM
    Permalink

    Muito legal essa preocupação com o Meio Ambiente que nossos avós não tinham ou tinham pouco. Ao invés de pesquisar Vida em Marte, melhor que cientistas arrumem a bagunça da Terra primeiro, aplicando os recursos humanos e financeiros em consertar nosso telhado e chão porque não tem cabimento ir bisbilhotar na casa alheia com a pia cheia de louça e o tanque cheio de roupa implorando solução.

    Resposta

Deixe uma resposta