Hannoccino: com ele, copo de café não vai mais para o lixo em Hannover!

Hannoccino: em Hannover, copo de café não vai mais para o lixo!

Nada mais conveniente do que passar rapidamente na loja de rua e comprar uma bebida para ir tomando pelo caminho, seja qual destino for. As redes de cafeteria tiveram um boom nas últimas décadas e viraram mania nas principais cidades do mundo. Entretanto, com elas, surgiu um novo problema ambiental: o descarte de copos.

Estima-se que, todos os anos, 58 bilhões de copos vendidos nestes locais sejam jogados fora. Feitos de uma mistura de plástico e papel, geralmente eles são usados uma única vez e por aproximadamente, 30 minutos. Para fabricá-los, milhões de árvores são derrubadas. Sozinha, a rede americana Starbucks, que nos últimos 30 anos, abriu duas lojas a cada dia no mundo, utiliza 4 bilhões de copos por ano.

Mas como assim?”, você deve estar se perguntando. “Copos não são recicláveis? Pois é, todo mundo acha que sim, mas o que acontece é que este tipo acaba não sendo reciclado. Ele é fabricado com papel, mas contêm uma fina lâmina de plástico o envolvendo para torná-lo à prova d’água. Sem esta camada plástica, o copo facilmente entraria em decomposição ou seria reciclado, mas com o plástico, a reciclagem fica comprometida. Ela exige muito mais energia e o uso de substâncias químicas especiais.

Pois cansada de recolher um volume inaceitável de copos não recicláveis – 20 milhões por ano -, a cidade alemã de Hannover decidiu encontrar uma solução para combater o desperdício.

E encontrou uma maneira fácil e simples! Criou o Hannoccino, um copo reutilizável que está sendo utilizado por uma rede de cafés e restaurantes credenciados no projeto. Até este momento, já são 150 lojas e segundo a prefeitura, o número aumenta a cada semana.

O esquema é muito inteligente. O consumidor entra na cafeteria e paga 2 euros pelo copo, além do valor da bebida. Depois, ele pode devolver o copo em qualquer loja que utilize o Hannoccino e recebe o dinheiro de volta.

Reutilizável, o Hannoccino custa 2 euros e o consumidor recebe seu dinheiro de volta quando o retorna

Para fazer parte da iniciativa, a única exigência é que os cafés e restaurantes tenham uma máquina de lavar para poder fazer a reutilização dos copos, que são fornecidos pela prefeitura. Além disso, a administração pública fica responsável pela propaganda do projeto e treinamento dos funcionários das lojas participantes.

Há ainda um app para celular que indica aos consumidores que usam o Hannoccino os endereços das lojas credenciadas. Atualmente há 50 mil copos circulando pela cidade.

O copo já é aceito em mais de 150 cafés e restaurantes de Hannover

De acordo com a companhia responsável pela coleta de lixo em Hannover, o uso do Hannoccino já reduziu em cerca de 30% o descarte de copos não recicláveis.

Agora, o Hannoccino é um dos três finalistas do prêmio GreenTech Awards 2018, na categoria Lifestyle. O resultado, com o nome do grande vencedor, será divulgado em maio. Ganhando ou não, os moradores de Hannover já têm motivos de sobra para ficarem orgulhosos da iniciativa da cidade.

Em um ano, já houve redução de 30% no descarte de copos não recicláveis

Leia também: 
São Francisco proíbe uso de embalagens e produtos feitos com isopor
Bactéria que come plástico PET pode ser solução contra poluição? 
Transformar plástico em energia: solução para acabar com o lixo nos oceanos?
Vídeo da Nasa revela ilhas de lixo no planeta
Estados Unidos proíbem uso de micropartículas plásticas em cosméticos
Lixo plástico ameaça 99% das aves marinhas


Fotos: divulgação

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou em Zurique, na Suíça, de onde colaborou para diversas publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Info, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Atualmente vive em Londres.

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou em Zurique, na Suíça, de onde colaborou para diversas publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Info, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Atualmente vive em Londres.

Um comentário em “Hannoccino: com ele, copo de café não vai mais para o lixo em Hannover!

  • 7 de fevereiro de 2018 em 1:25 PM
    Permalink

    Perfeito!!!! Ideias assim sempre terão minha aprovação.

    Resposta

Deixe uma resposta