Guaçatonga é fatal contra aftas, herpes e mau hálito

guacatonga_lianajohn

Beijar, comer e falar: três ações básicas que podem ser doloridas quando se tem uma ferida na boca. Quem já penou com aftas e herpes labial sabe reconhecer o valor de um remédio capaz de abreviar essas lesões incômodas. A par de receitas caseiras à base de bicarbonato ou água oxigenada, um cicatrizante da biodiversidade brasileira também merece atenção: o chá feito das folhas de uma espécie nativa chamada guaçatonga ou, na versão científica, Casearia sylvestris.

Trata-se de uma árvore de 4 a 6 metros de altura, com folhas lustrosas alternadas, flores esbranquiçadas e frutos pequenos, que nascem ao longo dos ramos (como o café) e são consumidos por sabiás.

A lista de nomes comuns é farta e indica uso tradicional de longa data em diversas localidades: bugre-branco, café-bravo, café-do-diabo, cafazeiro-do-mato, canela-de-veado, caroba, carvalhinho, chá-de-bugre, chá-de-frade, erva-de-bugre, erva-de-lagarto, erva-de-pontada, fruta-de-saíra, gaibim, gaiubim, língua-de-lagarto, língua-de-teju, marmelada-vermelha, marmelinho-do-campo, pau-de-bugre, pau-de-lagarto, pioia, pitumba-de-folha-miúda, saritã e varre-forno ou varre-forro. Já o nome tupi contém um alerta: guaçatonga deriva de guá + eçatunga cujo significado é “o que turva a vista”, numa referência ao fato da planta ser venenosa, se consumida em excesso.

As pesquisas com a guaçatonga são variadas e, em geral, envolvem as substâncias contidas nas folhas: óleos essenciais, taninos e terpenos. Entre os pesquisadores da Odontologia, Angela Bonjorno Arantes avaliou o potencial da guaçatonga como dentifrício em seu mestrado em Ciências Farmacêuticas, na Universidade Federal do Paraná (UFPR). Ela verificou que formulações com 10% de extrato de guaçatonga tiveram ação antimicrobiana, combatendo os agentes causadores de placa bacteriana, como Streptococcus mutans, e causadores de infecções orais como Staphylococcus aureus e Candida albicans.

A ação do óleo essencial de guaçatonga no tratamento de feridas na boca e herpes labial e do chá contra aftas e halitose (mau hálito) é citada em outra dissertação, de Lauren Oliveira de Lima Bohner, cujo mestrado em Reabilitação Oral foi defendido na Universidade de São Paulo, campus de Ribeirão Preto (USP-RP). Em sua pesquisa, ela testou enxaguatórios bucais com guaçatonga, confirmando o mesmo efeito antisséptico e antibacteriano dos enxaguatórios comerciais à base de clorexidina. Mas fez uma ressalva quanto à necessidade de aprimorar a formulação para evitar manchas nos dentes submetidos a clareamento.

Para os interessados, já existem cremes dentais à base de guaçatonga no mercado, disponíveis em lojas físicas, como a Phytoshop, e em vendas online, como a linha de produtos do Laboratório Panizza. E até os pets têm sua versão: a Petmais, por exemplo, comercializa pacotinhos de 10 escovas de dentes descartáveis para cães com creme dental à base de guaçatonga.

Tudo para garantir um beijar, comer e falar sem feridas nem bactérias. Ou, no caso dos pets, lamber, comer e latir!

Foto: Liana John

Jornalista ambiental há mais de 30 anos, escreve sobre clima, ecossistemas, fauna e flora, recursos naturais e sustentabilidade para os principais jornais e revistas do país. Já recebeu diversos prêmios, entre eles, o Embrapa de Reportagem 2015 e o Reportagem sobre a Mata Atlântica 2013, ambos por matérias publicadas na National Geographic Brasil.

Liana John

Jornalista ambiental há mais de 30 anos, escreve sobre clima, ecossistemas, fauna e flora, recursos naturais e sustentabilidade para os principais jornais e revistas do país. Já recebeu diversos prêmios, entre eles, o Embrapa de Reportagem 2015 e o Reportagem sobre a Mata Atlântica 2013, ambos por matérias publicadas na National Geographic Brasil.

Um comentário em “Guaçatonga é fatal contra aftas, herpes e mau hálito

  • 22 de julho de 2017 em 3:12 AM
    Permalink

    Excelente post Liana. Mau hálito é um assunto muito delicado de se tratar mesmo. Eu tive no passado e sei o quão constrangedor é.

    Resposta

Deixe uma resposta