Governo alemão dará subsídio para compra de carros elétricos

carros elétricos

A partir do mês que vem, maio, quem decidir comprar um veículo elétrico na Alemanha receberá uma bela e bem-vinda ajuda do governo: 4 mil euros. O objetivo da iniciativa é aumentar a frota de carros elétricos naquele país.

A medida foi anunciada ontem (27/04), em Berlim, pelo Ministro da Economia, Wolfgang Schäuble. Para poder oferecer o subsídio, o governo fez acordo com a indústria automobilística, conforme publicado pelo site da Deutsche Welle. Os fabricantes de veículos vão arcar com 50% dos recursos subsidiados.

Quem optar por um híbrido terá auxílio um pouco menor, de 3 mil euros, mas ainda assim, bastante vantajoso. Os alemães interessados na novidade terão, entretanto, que escolher por modelos de veículos que custem até 60 mil euros.

O governo calcula que o total do investimento com o subsídio, a ser feito até 2020, será de 1,2 bilhão de euros. A estimativa é que 400 mil novos carros elétricos circulem pelas ruas da Alemanha. Atualmente trafegam pelas estradas alemãs aproximadamente 50 mil veículos movidos a bateria, o que ainda é considerado muito pouco. A administração da primeira-ministra Angela Merkel também irá financiar a implantação de 15 mil estações de recarga nos próximos quatro anos, a um custo de 300 milhões de euros.

O segmento automobilístico é o que apresenta a maior receita na indústria do país. Aficcionados por carros e velocidade, os alemães têm hoje o 4º maior mercado do setor na Europa.

Apesar de Merkel ter anunciado que o plano do governo era ter 1 milhão de elétricos nas ruas do país até 2020, especialistas afirmam que dificilmente isto será possível. A frota total de carros na Alemanha é de 3 milhões e a maioria deles, ainda é movida a diesel, altamente poluente.

Outros países da Europa também querem diminuir o impacto de veículos movidos a combustíveis fósseis no meio ambiente, além de tornar o ar mais limpo para a população. No ano passado, a França, por exemplo, ofereceu desconto de 10 mil euros para quem trocasse seu carro diesel por um modelo mais sustentável. Na Noruega, proprietários de veículos elétricos recebem desconto de impostos, recarregamento de bateria e estacionamento grátis, além de isenção de pedágio no centro da cidade.

Recentemente, noticiamos neste outro post aqui no Conexão Planeta, que a Holanda está prestes a aprovar uma lei determinando que, a partir de 2025, somente poderão ser vendidos carros novos elétricos, ou seja, será o fim de veículos à gasolina ou diesel, poluentes e insustentáveis.

Leia também:
Elétrico, autônomo, conectado e compartilhado 
Holanda pode aprovar lei que só permitirá compra de carros novos elétricos
Suíça testa primeiro sistema de ônibus elétricos sem motorista do mundo
Carros elétricos serão recarregados nas ruas de Munique

Fotos: Håkan Dahlström/Creative Commons/Flickr

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou em Zurique, na Suíça, de onde colaborou para diversas publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Info, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Atualmente vive em Londres.

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou em Zurique, na Suíça, de onde colaborou para diversas publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Info, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Atualmente vive em Londres.

Deixe uma resposta