Folhagens para todos os gostos e lugares

folhagens

Dentro da atividade da horticultura, existe sempre espaço para o cultivo de plantas ornamentais, afinal, seja num pequeno ou grande jardim, uma boa cerca ou a proteção contra olhos alheios e quem sabe, até mesmo, contra animais domésticos são bem-vindas. E as folhagens estão à nossa disposição para ajudar a bordar com cores e texturas os  limites da nossa criatividade.

Ao cercar dentro do jardim, uma área mais isolada para o trabalho ou para esconder uma caixa de concreto ou um poço, seja lá qual for o seu objetivo, as folhagens quando bem escolhidas não dão trabalho e permanecem por muitos anos inalteradas, criando a continuidade dos caminhos e fornecendo abrigo para os passarinhos.

Chamamos de folhagens as plantas que chamam mais atenção por suas folhas do que por suas flores. Elas existem nas mais diferentes formas: árvores, arbustos, touceiras, plantas pendentes e forrageiras. Cada qual com tamanhos e formatos diferentes, ao gosto do cliente – ou melhor, ao seu gosto.

As folhagens gostam de lugares ensolarados e amplos, mas também ficam bem em corredores semissombreados e estreitos. Como este assunto se estenderá além deste post, vou começar a falar sobre aquelas plantas  que estão mais próximas das casas, perto de muros e cercas, e até mesmo, em varandas semissombreadas, pois uma vez sabendo que sem o sol o cultivo de hortaliças fica muito reduzido, só nos resta cultivar beldades nos canteiros mais estreitos e sombreados.

Para começar, vou escolher plantas que se adaptam tanto à pleno sol, como à semissombra, que não oferecem riscos à saúde de animais ou crianças, pois existem folhagens tóxicas, que possuem espinhos e aquelas que segregam substâncias irritantes.

folhagens

Na imagem acima aparece a Schefflera heptaphilla. Ela é uma arvoreta de folhagem permanente, que se adapta perfeitamente à locais semissombreados ou vasos de interior, bem como à pleno sol, desde que a muda esteja adaptada para tal (leia mais sobre este assunto no post Sol e água na medida certa)

Já a Syngonium albolineatum, na foto que abre este texto, pode ser usada para cobrir o solo em áreas de sub-bosque, onde a grama não tem sol suficiente ou ainda, para subir em troncos de  árvores ou placas de fibra vegetal .

Na semana que vem, darei dicas de outros tipos de folhagens, que podem servir dentro e fora de casa e também na composição do jardim de hortaliças.

Até lá!

Leia também:
Enfim, o outono chegou! 
Horta nas alturas como nos Jardins da Babilônia
Hora de sujar as mãos … ou não!
Sol e água na medida certa
Cada planta com seu torrão
Terra de muitos tons

Fotos: domínio público/pixabay

Liliana Allodi

Geógrafa, paisagista, educadora ambiental e ilustradora científica. Começou a carreira em São Paulo como consultora paisagística. Durante 10 anos viveu no exterior (Austrália, Israel e USA) e neste último país, firmou suas habilidades para trabalhar com crianças. Atualmente dá aulas de horticultura para alunos do Ensino Fundamental, em Brasília. Também desenvolve projetos junto à Cia da Horta para centros de ensino, clubes e empresas.

Um comentário em “Folhagens para todos os gostos e lugares

Deixe uma resposta