Florianópolis recebe Festival Internacional de Cinema Socioambiental

festival de cinema socioambiental Planeta.Doc

Até o próximo dia 13/11, Florianópolis vai se transformar na capital mundial do cinema socioambiental, com a realização do festival Planeta.Doc. Serão exibidos gratuitamente 80 filmes, além de documentários, curtas, animações e séries, em diversos locais da capital catarinense e também das cidades de Laguna e Ibirama.

Os temas abordados nas produções são os mais diversos. Incluem, por exemplo, energia, mobilidade urbana, lixo e reciclagem, biodesign, cidades sustentáveis, água, oceanos, biodiversidade, clima e questões sociais. “Não se trata somente de um festival sobre o planeta, mas sobre nós mesmos e nossa forma de ver o mundo”, afirma Mônica Linhares, produtora cultural e diretora do evento.  “Procuramos revelar e debater com a sétima arte qual a dimensão do impacto ambiental em todos os continentes, evidenciando também as inovações já feitas”.

O público poderá assistir vários filmes premiados internacionalmente, em festivais como Sundance, Cannes e Cinema de Berlim. Entre eles estão Planetary, de Guy Reid, Love Thy Nature, de Sylvie Rokab e Transgenic Wars, de Paul Moreira.

Destaque para as produções brasileiras O Sal da Terra, de Wim Wenders e Juliano Ribeiro Salgado, ganhador do César de melhor documentário e indicado ao Oscar, O Menino e o Mundo (que você confere o trailer ao final deste post), vencedor do Prêmio Cristal no 38º Festival de Cinema de Animação de Annecy, na França, considerado o maior prêmio mundial da categoria, e O Veneno Está na Mesa II, novo documentário de Silvio Tendler.

Além de cinema, Planeta.Doc vai promover, até 15/12, diversos eventos paralelos. Acontecerão exposições fotográficas, peças teatrais, palestras e debates com diretores e cineastas de todo o mundo. E em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, alunos da rede pública assistirão aos filmes para estimular o debate em sala de aula sobre os temas abordados nas produções. “Queremos contribuir para o processo de conhecimento e transformação destes jovens”, conta Mônica.

Durante a realização do festival, ocorrerá ainda a premiação dos melhores filmes de documentário e animação de curta, média e longa metragem nas categorias Planeta.Doc Internacional (10 filmes vencedores) e Planeta.doc Brasil (5 filmes vencedores).

Para concorrer, os interessados têm até 01/12 para enviar material para o site da premiação. Um júri internacional escolherá os vencedores no começo do ano e o anúncio dos grandes ganhadores será feito em março de 2016.

Esta é a segunda edição do Planeta.Doc. Se você estiver em Florianópolis ou em cidades perto nas próximas semanas, não perca a oportunidade. A programação completa pode ser acessada aqui.

Assista agora ao trailer do filme premiado O menino e o mundo:


Imagem: divulgação Planeta.Doc

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta