#EverydayClimateChange: as mudanças provocadas pela crise climática através das lentes de fotógrafos dos cinco continentes

#EverydayClimateChange: as mudanças diárias provocadas pela crise climática através das lentes de fotógrafos dos cinco continentes

Em 2012, os fotógrafos Peter DiCampo e Austin Merrill decidiram criar o perfil Everyday Africa no Instagram. A ideia dos profissionais que trabalhavam naquele país era mostrar ao mundo momentos do dia a dia dos africanos, aquém daquelas imagens reproduzidas pela mídia com foco na pobreza e nas mazelas do continente.  

Hoje a página tem quase 400 mil seguidores e conta com diversos colaboradores, que através do fotojornalismo, tentam divulgar um olhar diferente – mais poético e positivo -, da África.

Inspirado no trabalho de DiCampo e Merrill, em 2015, o também fotógrafo James Whitlow Delano criou o perfil #EverydayClimateChange nas redes sociais (Instagram e Facebook).

Baseado em Tóquio e especializado em temas ambientais, a intenção, assim como na outra iniciativa, é usar o fotojornalismo para mostrar as mudanças diárias provocadas pela alteração no clima do planeta e enfrentadas pela população global.

Infelizmente, diferente de Everyday Africa, as imagens reveladas por fotógrafos dos cinco continentes da Terra, não são positivas. Não há como ser. Elas mostram o impacto dos extremos climáticos (secas, incêndios, enchentes, tempestades, degelo dos polos) sobre o ser humano, inevitavelmente, as comunidades mais carentes e vulneráveis.

A mudança climática é real! As pessoas que vivem nos países em desenvolvimento não precisam ser informadas sobre as MUDANÇAS CLIMÁTICAS. Elas já estão vivendo com as conseqüências delas. O norte industrializado é tanto o problema quanto a chave para a solução”, afirma o idealizador de #EverydayClimateChange.

#EverydayClimateChange: as mudanças provocadas pela crise climática através das lentes de fotógrafos dos cinco continentes

Foto de James Delano mostra a caótica situação em que vivem
agricultores da Etiópia, enfrentando a instabilidade do clima

O impacto é global

A foto que abre este texto é de Sean Gallagher. Feita com um drone, mostra um menino brincando na areia da praia da ilha de Fongafale, em Tuvalu, no Pacífico Sul.

O país é o quarto menor do mundo e está ameaçado pelo aumento do nível das águas dos oceanos, já que seu ponto mais alto fica a 5 metros acima do nível do mar.

“À medida que o a água sobe, as marés frequentemente inundam partes da ilha e provavelmente isso aumentará ainda mais no futuro, potencialmente tornando grandes partes do país inabitáveis”, explica Gallagher.

#EverydayClimateChange: as mudanças provocadas pela crise climática através das lentes de fotógrafos dos cinco continentes

No começo de julho, o fotógrafo brasileiro Marcio Pimenta postou a imagem acima no #EverydayClimateChange: uma área de desmatamento da Amazônia.

Ele relatou como a destruição da floresta vem crescendo. “O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) divulgou que o desmatamento cresceu 88% na região amazônica entre junho de 2018 e junho de 2019. Desde o início do governo de extrema-direita do presidente Jair Bolsonaro, há uma expansão das atividades econômicas, que desmatam a floresta para a mineração, além da expansão agrícola e pecuária”.

A imagem de Pimenta foi compartilhada pelo ator e ativista americano Leonardo DiCaprio em sua conta no Instagram. Em pouco tempo, ela teve mais de 327 mil curtidas e mais de 4 mil comentários.

A repercussão e o compartilhamento das fotografias do #EverydayClimateChange são a prova de como, cada vez mais, as pessoas estão preocupadas e engajadas no combate às mudanças climáticas, sem dúvida nenhuma, o maior desafio da humanidade nos dias atuais.

Abaixo, outras imagens publicadas no Instagram coletivo dos fotógrafos internacionais:

#EverydayClimateChange: as mudanças provocadas pela crise climática através das lentes de fotógrafos dos cinco continentes

O peixe nada em meio a corais sem vida e sem cor,
no Japão foto: James Delano

Urso polar morto de fome, no Ártico – foto: Paul Nicklen

Leia também:
Fotógrafos internacionais se reúnem nas redes sociais em alerta sobre a extinção em massa dos animais
Registro cativante de macacos ameaçados de extinção é grande vencedor do Wildlife Photographer of the Year 2018
Humanidade destruiu 2,5 bilhões da história da evolução de centenas de espécies de mamíferos

Fotos: reprodução #EverydayClimateChange

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta