Doação de alimentos? Aplicativo conecta supermercados com quem precisa

aplicativo-doacao-alimentos-grande-800

Não poderia ser mais simples. Instituições de caridade, abrigos e organizações beneficentes se cadastram no aplicativo FareShare FoodCloud. Diariamente, o supermercado avisa a quantidade e quais alimentos tem para serem doados. Através de mensagem de texto, a entidade cadastrada recebe um alerta pelo app de que os alimentos estão disponíveis. Os interessados então vão até a loja e recolhem os produtos para dar comida a quem necessita. E com isso, milhares de toneladas de alimentos bons para o consumo deixam de ir para o lixo.

Sensacional, não? É a tecnologia sendo usada para combater o desperdício de alimentos. A solução foi implementada no Reino Unido, onde a organização FareShare fez parceria com uma das principais redes de supermercados de lá, a Tesco. Em vez de serem descartados, frutas, verduras, refeições prontas, massas, bolos e pães, além de outros produtos são doados para caridade.

O programa piloto é chamado de Community Food Connection e faz a conexão das entidades a receberem as doações com os supermercados que estejam mais próximos da sua localização. Já são mais de 1 mil lojas Tesco participando do projeto.

aplicativo-doacao-alimentos-ilustracao-800

Há 20 anos, a organização britânica FareShare luta contra o desperdício de alimentos para poder dar comida a quem tem fome. Ela atende entidades que auxiliam moradores de rua, desempregados, refugiados, ou seja, os mais vulneráveis. Só no ano passado, a FareShare conseguiu arrecadar mais de 9 mil toneladas de alimentos, que foram distribuídos para cerca de 2,5 mil instituições de caridade. Com eles, foram preparadas 18 milhões de refeições.

Grande parte do trabalho realizado na organização é feito por voluntários, que por exemplo, dirigem os veículos que transportam as doações e separam os produtos nos centros de distribuição.

Para que as doações sejam utilizadas da melhor maneira possível, a FareShare faz uma seleção criteriosa das entidades que irão recebê-las. Após se inscreverem, as instituições de caridade recebem uma visita e depois passam por treinamento para saber mais sobre armazenamento e preparação de carnes, hortaliças e outros ingredientes, de acordo com as leis britânicas de vigilância sanitária.

Estima-se que, por ano, 15 milhões de toneladas de alimentos sejam jogados no lixo no Reino Unido. Uma pesquisa revelou que uma família britânica com quatro pessoas desperdiça, em média, 11 refeições por mês.

No mundo todo, 1/3 dos alimentos produzidos é perdido. É comida que poderia estar matando a fome de milhões de pessoas que têm seus pratos vazios.

A iniciativa da FareShare é simples e fácil de ser replicada em qualquer lugar do mundo. Que tal aqui no Brasil?

Como funciona o aplicativo contra o desperdício de alimentos

Leia também:
WeFood: supermercado que só vende produtos fora do prazo de validade é inaugurado na Dinamarca

Feios por fora, bonitos e (deliciosos) por dentro
Alimentos “feios” dão oportunidades a pessoas necessitadas na Espanha
Supermercados italianos terão desconto nos impostos ao doarem alimentos

Fotos: divulgação FoodShare

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para várias publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, acaba de mudar para os Estados Unidos

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para várias publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, acaba de mudar para os Estados Unidos

10 comentários em “Doação de alimentos? Aplicativo conecta supermercados com quem precisa

  • Pingback:Doação de alimentos? Aplicativo conecta mercados com quem precisa | Catraca Livre

  • 16 de outubro de 2016 em 11:48 PM
    Permalink

    oi meu nome e Cíntia e queria sabe se tem como ajuda uma família que precisa muito
    bom ela tem seis criança que cuida são netos dela porem a mãe faleceu e ela ficou pra cuida ela ta muito doente e não pode trabalha por causa do problema que tem
    ela passa muita dificuldade com as crianças ela precisa de mantimentos

    Resposta
  • 19 de outubro de 2016 em 5:11 PM
    Permalink

    Preciso de ajua como faço para pegar estes alimentos ja sou de idade e nao tenho emprego estou sofrendo direto de anemua por falta

    Resposta
  • 9 de novembro de 2016 em 4:12 PM
    Permalink

    precisamos de ajudar estamos com muita família passando muita necessidades vila landim um e dois ribeirão das neves minas gerais estava atendendo esta famílias via banco de alimento da prefeitura municipal mais ja tem mais dois mês não vem nada

    Resposta
  • 15 de dezembro de 2016 em 5:03 PM
    Permalink

    Eu gostaria de saber se vcs poderia me ajudar com alimentos e q eu n tenho nada para dar para o meu filho comer n natal vou fazer

    Resposta
  • 26 de julho de 2017 em 12:02 PM
    Permalink

    Olá, tudo bem? vocês sabem nos dizer se existe algum aplicativo desse tipo no Brasil. Nossa ONG fica em Goiás, precisamos de algo próximo à capital. Obrigada!

    Resposta
  • 24 de outubro de 2017 em 6:34 PM
    Permalink

    Boa tarde, sou pastora de uma igreja, em Jurema-PE, a cidade é muito carente, tenho sonho de realizar ação social, com muito esforços, vamos realizar um mutirão em dezembro, com doações de roupas e alimentos, se puder nos ajudar, entrar em contato pelo fone: 87 98869-7789 e whatssap
    Desde já agradeço, Deus abençoe
    Pra. Tacy !!!

    Resposta

Deixe uma resposta