Descoberta nova espécie de orangotango, já ameaçada de extinção

Descoberta nova espécie de orangotango, já ameaçada de extinção

Diariamente cientistas se surpreendem ao constatar o quanto o homem ainda não conhece da biodiversidade do planeta. São milhares de espécies de plantas e animais ainda desconhecidas pelo ser humano.

Em um artigo divulgado na semana passada na publicação Current Biology, uma equipe de pesquisadores internacionais revela a descoberta de uma nova espécie de orangotango na Sumatra.

Batizado de Tapanuli (Pongo tapanuliensis), o animal vem se juntar ao grupo dos chamados Grandes Primatas – orangotangos, gorilas, chimpanzés, bonobos e o ser humano.

Até então, eram conhecidas somente duas espécies de orangotangos: o de Bornéo e da Sumatra. A nova, recém-descoberta, vive ao norte da Sumatra, em florestas isoladas do ecossistema de Batang Toru.

Foram anos de pesquisas para que os cientistas conseguissem finalmente provar que o Tapanuli era diferente dos outros animais. A primeira suspeita aconteceu após um censo, em 1997. Foi através de sua morfologia e genética, após o achado de um crânio, em 2013, que eles tiveram a certeza que esta era uma nova espécie.

Apesar da celebração da descoberta, há menos de 800 Tapanulis. Ele é considerado assim criticamente ameaçado de extinção. Na região onde ele habitat, há planos para exploração de minério e construção de hidrelétricas.

“Se algo não for feito para diminuir rapidamente as ameaças à conservação dos últimos remanescentes da floresta, poderemos ver a descoberta e a extinção de uma espécie em um curto período de tempo”, alertam os pesquisadores no artigo publicado na Current Biology.

“Esta descoberta demonstra não somente o quanto ainda não conhecemos sobre a biodiversidade do planeta, mas coloca luz sobre a situação precária em que espécies como o Tapanuli vivem, em florestas cada vez mais degradadas e destruídas”, afirmou said Nilanga Jayasinghe, especialista em espécies asiásticas do WWF. “É essencial que possamos dar um fim a estas ameaças, se quisermos garantir um futuro para estes animais”.

Leia também:
300 espécies de primatas estão à beira da extinção
Nascimento de filhote orangotango é símbolo de esperança em Sumatra
Humanidade destruiu 10% das áreas selvagens do planeta nos últimos 25 anos
Extinção ameaça maior primata do mundo
Florestas tropicais de 20 países – o Brasil, entre eles – estão ameaçadas pela produção do óleo de palma

Foto: divulgação/Maxime Aliaga

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para várias publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, acaba de mudar para os Estados Unidos

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para várias publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, acaba de mudar para os Estados Unidos

Deixe uma resposta