Desafio de Natal

natal3

Todo final de ano, quando nos aproximamos do Natal, a cidade fica toda agitada com as pessoas se apressando para ir aos shopping centers e fazer suas compras. Se nós não vivêssemos em uma sociedade centrada no consumo, e se boa parte das pessoas soubesse dos efeitos negativos de uma vida baseada no comprar e no jogar fora, poderíamos entender esta como uma época em que o amor e a compreensão entre as pessoas ficam mais fortes e, por isso, queremos dar presentes uns aos outros.

Esse é, sim, o lado belo do Natal, quando muitos símbolos que ecoam a paz e a alegria entre os homens vibram em cada lâmpada acesa nos enfeites das ruas. No entanto, cada presente indica, também, que recursos da natureza estão sendo retirados sem cautela e que a quantidade de descartes vai aumentar ainda mais, pois todo produto industrializado, após um breve período de uso, vira lixo. Então, o que estamos ensinando às nossas crianças quando lhes compramos presentes de Natal?

Esta é a reflexão para a qual convidamos nossos leitores. O que verdadeiramente desejamos para as nossas crianças? O que significa, para cada um de nós, ter uma vida plena e feliz? O que queremos dizer quando desejamos que nossos filhos sejam felizes?

Para buscar as respostas para essas perguntas, desafiamos você, que é pai, mãe, tio/a, avô/avó, padrinho ou madrinha, a oferecer um presente diferente para as crianças, um presente que tem o potencial de modificar sua relação com elas, consigo mesmo e com o belo planeta em que vivemos. Que tal, então, presentear as crianças com uma experiência ao ar livre?

Este é um presente é simples, sem muito custo, mas cheio de valor e poderá ser lembrado para toda a vida. Além disso, o tempo que você gastaria escolhendo o presente (sem contar o tempo que você gastou trabalhando para obter os recursos para comprá-lo) pode ser aproveitado curtindo junto com as crianças! Brincar junto com elas é bom pra todos: para elas e pra você também!!!

Como fazer?

Você pode programar um dia inteiro ao ar livre e levar as crianças para brincar, ou ainda pensar em diferentes atividades, brincadeiras e experiências para que elas possam escolher e montar sua própria programação.

Uma maneira legal de apresentar estas propostas é criar cartões com imagens, mostrá-las para as crianças e delimitar um número máximo de escolhas. Assim, elas podem participar e escolher o que mais lhes interessa.

Abaixo, eis algumas sugestões para essa experiência, que podem ser definidas por vocês, adultos, conforme sua disponibilidade. Ou seja, quem puder levá-los à praia, inclui “pular onda” entre as imagens, por exemplo.
– abraçar uma árvore
– caçar árvores diferentes
– colher frutas
– fazer fogueira
– brincar com lama
– fazer castelo de areia
– pular ondas
– observar pássaros
– identificar que formatos as nuvens criam no céu
– observar estrelas
– colecionar folhas
– caminhar usando um cajado (improvisado)
– acampar (pode ser no quintal de casa)
– jogar pedrinhas num lago
– explorar uma trilha usando lupa
procurar por cores na natureza
– tomar banho de chuva
– fazer coroas de flores
– construir um castelo com galhos e gravetos
– fazer uma cortina de folhas
– plantar uma árvore
– balançar em cipós… e por aí vai. 

É só usar a criatividade. Existem muitas outras brincadeiras e atividades que podem ser sugeridas.

Uma super dica para inspirar nessa tarefa é o livro Jardim das Brincadeiras, de Guilherme Blauth, disponível para download gratuito. Ele é educador, ecologista, artista e autor de jogos muito legais para as crianças, entre eles o Kablan – do qual já falamos aqui no blog.

Outra ótima dica para quem quer incrementar a relação com as crianças por meio de brincadeiras e de propostas inteligentes, é o livro Atividades em áreas naturais, da bióloga e educadora Rita Mendonça, uma das autoras deste blog. Ela já falou sobre essa obra muito legal em post anterior.

Está lançado o desafio! Quem topa entrar nessa com a gente? Depois, queremos saber como foi. Conte pra nós comentando neste post.

Foto: Renata Stort

Ana Carolina Thomé e Rita Mendonça

Ana Carolina é pedagoga, especialista em psicomotricidade e educação lúdica, e trabalha com primeira infância. Rita é bióloga e socióloga, ministra cursos, vivências e palestras para aproximar crianças e adultos da natureza. Quando se conheceram, em 2014, criaram o projeto "Ser Criança é Natural" para desenvolver atividades com o público. Neste blog, mostram como transformar a convivência com os pequenos em momentos inesquecíveis.

Um comentário em “Desafio de Natal

Deixe uma resposta