Curitiba lidera ranking nacional de cidades inteligentes e conectadas

Curitiba lidera ranking de cidades inteligentes e conectadas

A capital paranaense brilha mais uma vez. Desta vez, ela ganhou o Connect Smart Cities 2018.

O levantamento elaborado anualmente pela empresa Urban Systems tem o objetivo de mapear as cidades com maior potencial de desenvolvimento no Brasil, através de indicadores que analisam como esses centros urbanos investem em planejamento e ações para se tornarem mais inteligentes, humanos e sustentáveis.

Foram avaliados 11 quesitos:

– Mobilidade
– Urbanismo
– Meio Ambiente
– Energia
– Economia
– Tecnologia e Inovação
– Educação
– Saúde
– Segurança
– Empreendedorismo
– Governança

No ranking geral, Curitiba ficou em 1º lugar, seguida por São Paulo. Depois aparecem Vitória (3º), Campinas (4º) e Florianópolis (5º).

Além de ter sido a grande campeã, a capital do Paraná está no topo do ranking do quesito Governança, que apresenta indicadores de investimento municipal, gestão e transparência.

Todavia, apesar de ter sido modelo de Urbanismo nos anos 70 e 80, ainda sob a administração do arquiteto Jaime Lerner (eleito segundo urbanista mais influente do mundo em 2018), nesta edição do levantamento ela perdeu para São Paulo.

Curiosamente também, em Mobilidade e Acessibilidade, Curitiba está na 7ª posição. A cidade foi modelo, em décadas passadas, de projetos de transporte público, sobretudo com as canaletas exclusivas de ônibus e os veículos bioarticulados. Mas atualmente, segundo a pesquisa, ela deixa a desejar se comparada a São Paulo (1º) – difícil de acreditar – , Brasília (2º), Rio de Janeiro (3º), Guarulhos (4º) e Campinas (5º).

Os autores do ranking explicam que apesar do caos do trânsito e dos congestionamentos da capital paulista, “Em termos de mobilidade, a cidade ainda conta com maior infraestrutura de metrô e trem, uma boa malha ciclo viária e por ser polo econômico nacional, conta com maior conectividade à outros municípios”.

As cidades da região Sul e Sudeste dominam as primeiras posições no Ranking Connected Smart Cities. Campo Grande, a melhor colocada no Centro-Oeste aparece na 11ª posição, seguida por Recife, do Nordeste, em 12º lugar.

Entre as dez primeiras do estudo, seis possuem mais de 500 mil habitantes e as demais quatro entre 100 e 500 mil moradores.

Confira o ranking completo de todas as categorias neste link.

Leia também:
Programa Adote uma Árvore estimula curitibanos a tornar a cidade mais verde
Primeiro Jardim de Mel é inaugurado em Curitiba
Curitiba pode cultivar hortas nas calçadas: prefeito altera a lei para facilitar a prática  

Foto: reprodução Facebook Prefeitura de Curitiba

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para várias publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, acaba de mudar para os Estados Unidos

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para várias publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, acaba de mudar para os Estados Unidos

Deixe uma resposta