Contato com plástico está provocando doenças em corais

plástico enrolado no coral

Recifes de corais são um dos mais ricos habitats da biodiversidade marinha. Milhares de espécies dependem deles para sua sobrevivência. Mas nas últimas décadas, estes importantes ecossistemas, têm sido afetados não só pelo aumento da temperatura dos oceanos, que provoca seu branqueamento e morte, mas também por substâncias que contaminam os mares, como por exemplo, os filtros solares.

Pois um estudo publicado hoje (26/01), na revista Science aponta uma nova ameaça aos corais: o plástico. Ou melhor, as bilhões de partículas plásticas despejadas nos oceanos.

Um grupo de pesquisadores de universidades e organizações de vários países afima, no artigo Plastic waste associated with disease on coral reefs, que resíduos plásticos estressam os corais, deprivando-os de luz, oxigenação e impedindo que eles consigam liberar toxinas. Tudo isso faz com que os corais fiquem mais vulneráveis e se tornem mais suscetíveis ao desenvolvimento de doenças.

“Corais são seres vivos como eu e você – eles se machucam e ficam infectados”, explicou o investigador principal do estudo, Joleah Lamb, da universidade americana de Cornel, em entrevista ao jornal The Guardian. “Plásticos são excelentes transmissores de micro-organismos, então é como se os corais estivessem sendo cortados por uma faca contaminada”, comparou.

Os cientistas analisaram 124 mil corais, localizados em 159 recifes na região da Ásia e do Pacífico, onde estão situados mais da metade destes ecossistemas no planeta. O estudo constatou que a probabilidade da ocorrência de doenças nos corais em contato com plástico aumenta de 4% para 89%.

De acordo com a pesquisa, é estimado que 11,1 bilhão de resíduos plásticos estejam enroscados em recifes de corais nessa área e projeta-se que este número aumente mais 40% até 2025.

Algo em torno de 4,8 milhões a 12,7 milhões de toneladas de plásticos são jogadas, por ano, nos oceanos. Levados pelas correntes marinhas, os detritos acabam ficando presos na vegetação dos corais.

Leia também:
União Europeia contra o plástico

Vídeo da Nasa revela ilhas de lixo no planeta
Lixo plástico ameaça 99% das aves marinhas


Foto: Lalita Putchim/Science

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou em Zurique, na Suíça, de onde colaborou para diversas publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Info, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Atualmente vive em Londres.

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou em Zurique, na Suíça, de onde colaborou para diversas publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Info, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Atualmente vive em Londres.

Deixe uma resposta