Como alimentar o planeta inteiro? 30 experts apontam caminhos no seminário FRUTO, em 26 e 27/1

Como garantir alimento de boa qualidade à uma população que só cresce e pode chegar a 8,6 bilhões de pessoas até 2030, segundo a ONU?

Esta é a questão que o chef Alex Atala e o produtor cultural Felipe Ribenboim, em parceria com o Instituto ATÁ, se impuseram e que pretendem responder com o seminário FRUTO: Diálogos do Alimento, que acontece nos dias 26 e 27 de janeiro, em São Paulo, na Unibes Cultural, com transmissão ao vivo.

O encontro reúne 30 especialistas do Brasil e do mundo em setores nevrálgicos da sustentabilidade do planeta – como Ciência, agricultura e gastronomia, além de representantes da indústria – para debater estratégias e alternativas que possam ajudar a trilhar um caminho viável e saudável.

Para os organizadores, é preciso “consolidar o Brasil como principal celeiro desse debate, envolvendo pequenos produtores, a indústria de alimentos, criadores de hortas urbanas, comunidades indígenas, antropólogos, agrônomos e engenheiros genéticos”.

E, para isso, é preciso conhecer o alimento. Para conhecê-lo, é necessário ir fundo nos ingredientes: esmiuçar sua história, os processos produtivos pelos quais passa, relações culturais que o cercam e também as interações sociais que provocam e das quais participam.

Para contemplar esse panorama, o encontro foi dividido em três eixos: culturais, biológicos e sociais. E, assim, estão inseridos os palestrantes. Entre eles estão Bela Gil – expert em comida natural, que tem programa no canal GNT -, o revolucionário Ernest Gorsch, com sua agricultura sintrópica, a francesa Celine Cousteau (neta de Jacques Cousteau), Carlo Petrini do movimento Slow Food e o paisagista Ricardo Cardim. Veja a programação.

Acompanhe pelo canal do FRUTO no Youtube. Abaixo, assista aos convites de Alex Atala e Felipe Ribenboim:

Foto: Marcus Spiske/Unsplash

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na Claudia e Boa Forma, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, considerado o maior portal no tema pela UNF. Integra a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade.

Mônica Nunes

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na Claudia e Boa Forma, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, considerado o maior portal no tema pela UNF. Integra a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade.

Deixe uma resposta