Celebração do ‘feito à mão’ e solidariedade agitam o bairro do Bixiga, em São Paulo

A Jardim Secreto Fair, que acontece na cidade de São Paulo há cinco anos, é um espaço bacana pra comprar de quem faz. Desde pequenas marcas, passando por empreendimentos de economia solidária e produção artesanal de primeira, o evento surpreende a cada edição.

No próximo sábado, 9 de junho, acontece mais uma edição da Jardim Secreto na Praça. No meio do Bixiga, na Praça Dom Orione, as novidades se multiplicam. Cerâmica, moda, feira de orgânicos, peças em madeira, impressões gráficas, esculturas que reaproveitam material que seria descartado, brinquedos, alimentação e tudo o mais que a gente possa imaginar. São 185 produtores locais unidos pela proposta. E a lógica da colaboração e das parcerias está presente em todas as costuras.

O projeto começou em 2013, buscando jardins escondidos pela cidade para promover experiências de troca de conhecimento e consumo consciente ao ar livre. Hoje a busca maior da iniciativa é apoiar o pequeno produtor, criando um ambiente de celebração do feito à mão com a união e a consciência no meio da cidade de São Paulo.

A economia solidária, que já ganhou inclusive uma edição exclusiva da Jardim Secreto, como já contei aqui, inteirinha dedicada aos seus produtos, hoje tem espaço garantido em todas as feiras. A parceria da Jardim Secreto com a Rede Design Possível tem proporcionado essa presença constante, com uma curadoria cuidadosa de itens. Entre os expositores desta edição estão empreendimentos da Rede de Saúde Mental Ecosol e a Warmiscoletivo de mulheres imigrantes que produz artesanato com pegada cultural muito rica.

No sábado, acontece também a ação voluntária Tricô na Escadaria, que convida as pessoas a tecerem juntas, de forma voluntária, mantas, cachecóis, gorros e cobertores para doar aos moradores de rua, com a ajuda do Celeste, do Ateliê Kitsune e do meiofio. A distribuição do material confeccionado será feita junto ao grupo Entrega por SP.

Além disso, quem for ao evento pode doar roupas de frio em bom estado, meias, luvas, cachecóis, gorros e mantas. Haverá caixas para arrecadação distribuídas pela escadaria da Praça Dom Orione.

Ecobags, garimpo e a cidade

Outra novidade desta edição é a parceria com a Loja Integrada na produção de ecobags, que serão brindes nas compras de qualquer banquinha de produtos orgânicos. A bolsa foi desenvolvida pela Maria Tangerina e pela Ideia Crua – Estamparia Ecológica com desenho do ilustrador Danilo Taqueto.

Soma-se à feira, também, a Criatura Vintage, marca feita por mulheres que mistura garimpos, upcycling e intervenções com bordado e outras técnicas, renovando e reaproveitando tecidos e outros materiais.

E ainda tem bate-papo com o Garotas no Poder, sobre espaço urbano e formas de utilização. Profissionais de diversas áreas – arquitetas, urbanistas, antropólogas, comunicadoras – vão debater assuntos como gentrificação, ocupação, revitalização, festas de rua, e como criar identidade entre população e cidade. A partir das 15h, na escadaria do Bixiga.

A Jardim Secreto Fair acontece das 11h às 20h na Praça Dom Orione, no Bixiga. Separe suas agulhas de tricô e nos vemos na escadaria!

Foto: Criatura Vintage/Jardim Secreto

Jornalista e mestre em Antropologia. Coordenou a Comunicação da Secretaria do Verde da Prefeitura de São Paulo – quando criou as campanhas ‘Eu Não Sou de Plástico’ e, em parceria com a SVB, a ‘Segunda Sem Carne’. Colaborou com a revista Página 22, da FGV-SP, e com a Unisol Brasil. Hoje é conectora – trabalha linkando projetos e pessoas de todas as áreas na comunicação para um mundo melhor

Mônica Ribeiro

Jornalista e mestre em Antropologia. Coordenou a Comunicação da Secretaria do Verde da Prefeitura de São Paulo – quando criou as campanhas ‘Eu Não Sou de Plástico’ e, em parceria com a SVB, a ‘Segunda Sem Carne’. Colaborou com a revista Página 22, da FGV-SP, e com a Unisol Brasil. Hoje é conectora – trabalha linkando projetos e pessoas de todas as áreas na comunicação para um mundo melhor

Deixe uma resposta