Ataque aéreo

Entre registros das belezas do Pantanal, o flagrante do carcará oportunista e o talha-mar tentando proteger seu ovo. Um bom fotógrafo de natureza deve sempre ficar atento ao que passa nos arredores

Ler mais

Por que o Padre Cícero ganhou minha admiração?

No post de estreia no blog ‘Por Trás das Câmeras’, fotógrafa conta sobre experiência vivida na companhia dos fieis do famoso padre que liderou movimento ecológico em 1877

Ler mais

A responsabilidade do instrutor

Em qualquer expedição fotográfica, não dá para garantir que esse espetáculo que você vê na foto estará lá nos esperando. Para isso, sempre vamos depender de muita sorte e dos bons caprichos da natureza

Ler mais

O topetinho-vermelho

Para mim, o topetinho-vermelho sempre foi um fantasma. Nunca havia conseguido observá-lo na natureza. Mas um dia, escutei um zumbido diferente perto da minha orelha… Senti então o vento produzido pelas asas de um serzinho não maior do que um inseto

Ler mais

As borboletas do rio Juruena

Indicadoras de qualidade ambiental, as borboletas simbolizam “o coração da imagem” da Amazônia que queremos perpetuar para as gerações futuras: da grandiosa e mágica floresta, que protege e abriga milhares de espécies

Ler mais

Amazônia, sem barreiras

Desbravar Belém, Ilha do Marajó e Alter do Chão com um cadeirante me ensinou que não há limites que possam impedir as experiências quando se acredita no ser humano. A generosidade e a solidariedade afloram instantaneamente

Ler mais

Quando a fotografia ajuda a Ciência

Foi por acaso que fiz o registro detalhado do padrão de eclosão e o nascimento de filhotes de falsas-corais. O fato raro e a informação preciosa acabaram sendo divulgados numa importante publicação científica

Ler mais

Um final Katehe!

Uma comunicação truncada pode por uma foto a perder. Ainda bem que tudo se revolveu a contento e a tempo e o fotógrafo Marcos Amend pode fazer a foto deste post no ponto culminante do Brasil

Ler mais

Como fotografar a passagem do tempo?

Para conseguir fazer esta imagem, a solução foi colocar a câmera num tripé e disparar várias fotografias. No caso deste registro, para ser mais exato, foram 103 fotos, de 30 segundos, sem intervalo entre elas

Ler mais