A viagem

Em 1991, o fotógrafo e documentarista Renato Soares viveu uma história incrível que colocou os índios em seu caminho, dando origem ao projeto Ameríndios do Brasil, que dá nome a este blog. Esta é a primeira parte dessa história

Ler mais

A riqueza cultural e a identidade de 40 etnias indígenas, em exposição fotográfica até 30/4

Depois de Tiradentes, agora é a vez de São Paulo ver seleção de imagens do acervo do fotógrafo e documentarista Renato Soares. 32 fotografias revelam a rotina, a beleza, a arte e os rituais de índios brasileiros, em uma oca cenográfica no Morumbi Shopping

Ler mais

Exposição fotográfica em Tiradentes revela cotidiano dos povos indígenas do Alto Xingu

A cidade mineira acaba de ganhar um novo espaço para a fotografia e a arte, inaugurada com exposição permanente de imagens do repertório de Renato Soares, que há mais de 30 anos registra a vida e a cultura indígena no Brasil

Ler mais

Nossos ‘heróis’ de ontem, nossos vilões de hoje

Olhando para a situação atual do Brasil e de todas as etnias indígenas, o fotógrafo Renato Soares percebe grande semelhança com o passado dos bandeirantes

Ler mais

A noite dos Mamaés

Kuarup é a festa em homenagem aos mortos realizada entre as etnias do Alto Xingu. É a noite dos espíritos, dos Mamaés, que o fotógrafo e indigenista Renato Soares apresenta em texto e imagens belíssimas

Ler mais

Canoa, canoa desce… pro meio do rio, canoa desce

Aos poucos, a canoa está deixando de fazer parte do cotidiano dos índios. Neste post, o fotógrafo Renato Soares faz uma homenagem ao meio que o tem levado, nos últimos 30 anos, a inúmeras aldeias pelo país, para seu projeto Ameríndios do Brasil

Ler mais

Antropologia Visual ou a arte de estudar o ser humano através da imagem

Viaje no tempo com o fotógrafo Renato Soares. Em seu novo post, ele fala da importância do trabalho dos profissionais da imagem, desde os tempos das cavernas

Ler mais

Pyulaga, a lagoa dos pescadores

De todas as pescarias do Alto Xingu, a dos índios Waujá é a mais famosa. Não por render grandes peixes, mas, sim, pela alegria com que é preparada. Este ano, ela alimentou uma das maiores festas de Kuarup do Xingu, na aldeia Pyulaga

Ler mais

Cocar de penas? Não, de canudinhos plásticos!

A ideia de usar canudos plásticos nos cocares ocorreu quando a aldeia dos índios Kaiapó pegou fogo por causa da seca e eles perderam tudo. Como não tinham penas disponíveis, improvisaram com o que encontraram à mão. Agora, canudos e penas convivem nas cabeças da etnia

Ler mais

No Parque Indígena de Tumucumaque, uma visita aos índios Aparaí e Waiana

O fotógrafo e indigenista Renato Soares narra viagem à reserva indígena de Tumucumaque, no Amapá, em 2015, onde se embrenhou por sua floresta imponente

Ler mais