‘Cartas na Janela’: jogo nos convida a observar e brincar com a natureza durante a quarentena do coronavírus

Estes são tempos difíceis para nós, entusiastas da vida ao ar livre, do brincar com e na natureza. Impossível negar. Nós amamos estar do lado de fora, mas agora é um tempo diferente, em que precisamos ficar um pouco do lado de dentro. Mas, neste momento em que devemos atender ao apelo de ficar em casa para nos cuidar e manter em segurança toda a sociedade por causa do coronavírus, dá pra gente se conectar com a natureza? Acreditamos que sim. E vamos contar porquê.

Mesmo estando em isolamento social, existe uma forma de nos conectarmos com o mundo lá fora, que é comum na maioria das moradias (infelizmente não todas, como gostaríamos): as janelas. Agora, elas são lindos instrumentos de conexão entre nós e o mundo exterior, a conexão possível entre nós e o mundo inteiro. 

As janelas dão passagem para o ar e o vento que arejam a nossa casa, para a luz que a ilumina e, também, para o contato visual com o lado de fora. E é nessas vocações tão especiais desse espaço que podemos nos focar pra continuar curtindo a natureza.

As janelas nos lembram que, mesmo tendo que ficar em casa não estamos completamente isolados. Há um mundo lá fora que entra pra dentro de casa e de nossas vidas quando paramos para olhar por ela, quando paramos e nos debruçarmos nela.

Nesta quarentena, debruçar na janela e reparar no que tem além dela pode se transformar numa experiência rica de sensações, conexões, de solidariedade, de reflexões, de aprofundamento e, também, em pura diversão. Sim, o bom humor e a brincadeira também ganharam uma nova dimensão neste momento de isolamento. E é imprescindível promover relações com a natureza disponível e relações humanas, dentro dos limites impostos pela pandemia.

Então, para seguirmos nos próximos dias alimentando essas relações, aumentando a conexão entre as pessoas e brincando com o entorno para nos conectarmos com nós mesmos também, nós, do programa Ser Criança é Natural (que dá nome a este blog), preparamos um jogo de cartas especial com sugestões para todos os dias. E a maior parte das ideias contidas nele – que faz parte de um trabalho que realizamos e chamamos de Experiências da Semana – convidam todos a irem para a janela.

Quando criamos este jogo – que apelidamos de Cartas na Janela e você pode baixar já, gratuitamente pensamos primeiro nas crianças, mas muitos adultos nos escreveram contando o quanto a brincadeira foi importante para eles e toda a família. Mas a brincadeira foi muito além do que imaginávamos.

O afastamento físico, a impossibilidade de vermos outras pessoas ou de termos que nos manter afastados/as delas – mesmo morando na mesma casa – está nos transformando. Estamos ávidos por saídas que elevem nosso espírito, nossa alma, nosso humor, que nos tirem de uma tristeza passageira ou do medo. E isso está nos tornando mais cooperativos, mais colaborativos e mais criativos também.

Foi essa transformação que levou alguns de nossos seguidores a traduzir as Cartas na Janela para outras línguas. E a versão em inglês já está disponível em nosso site também: Through The Window. E, do jeito que vai, logo, logo teremos as cartas e suas mensagens disponíveis em outros idiomas e atualizaremos este post pra vocês nos ajudarem a espalhar a ideia.

Fiquem em casa, olhem pela janela, brinquem, e, acima de tudo, se cuidem! E cuidem de quem está perto.  

Não temos dúvida de que este período passageiro que estamos vivendo vai deixar muitos aprendizados – além de muita tristeza inevitável, sim -, mas, em breve, estaremos juntos, ao vivo de novo, brincando do lado de fora. E estaremos prontos para vivenciar o mundo com outros olhos, com novas percepções, com uma sensibilidade ainda maior.

Foto: Ana Carol Thomé

Ana Carolina Thomé e Rita Mendonça

Ana Carolina é pedagoga, especialista em psicomotricidade e educação lúdica, e trabalha com primeira infância. Rita é bióloga e socióloga, ministra cursos, vivências e palestras para aproximar crianças e adultos da natureza. Quando se conheceram, em 2014, criaram o projeto "Ser Criança é Natural" para desenvolver atividades com o público. Neste blog, mostram como transformar a convivência com os pequenos em momentos inesquecíveis.

Deixe uma resposta