Canadá terá a maior rede de estradas livres de carros do mundo, até 2017


No início deste ano, contamos, aqui no Conexão Planeta, sobre o lindo projeto de uma ciclovia gigante na Alemanha, com 100 km, que ligará 10 cidades e 4 universidades. O primeiro trecho (3 km) já havia sido entregue e, este mês, o segundo acaba de ficar pronto, com quase 5 km.

Mas existe uma estrada ainda maior: The Great Trail (A Grande Trilha, em tradução livre), que fica no Canadá e liga as principais cidades do país. Na verdade, ela é a maior estrada livre de carros com 22 mil km! É a mais longa rede de estradas e trilhas recreativas do mundo, com trechos de terra e também por água.

90% de sua construção – iniciada em 1992 – já foi entregue (veja mapa no final deste post). E, por lá não circulam apenas bikes, como na Alemanha, mas também caminhantes, corredores, cavaleiros (no verão) e adeptos dos esquis cross-country e snowmobiles (no inverno).

E claro que, com tantos quilômetros interligados, a obra não poderia ser recente. A Grande Trilha será concluída  e inaugurada, oficialmente, no próximo ano, quando o país completará 150 anos. Ótimo presente para os canadenses!

No mapa abaixo, atualizado periodicamente, é possível ver a rota quase completa da trilha canadense. Acompanhe pelo site do projeto.


Leia também:
Noruega anuncia construção de estradas para bicicletas ao redor das maiores cidades do país
Número de bicicletas ultrapassa o de carros em Copenhague
Milão pode pagar para motoristas que trocarem carro por bicicleta

Foto: Dennis Jarvis/Flickr

Mônica Nunes

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na revista Claudia, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, da mesma editora, considerado pela United Nations Foundation como o maior portal no tema. Integrou a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade e, em 2015, participou da conferência TEDxSãoPaulo.

Deixe uma resposta