Campanha Amadas Mechas convida mulheres a doar cabelo para pacientes com câncer

Campanha Amadas Mechas convida mulheres a doar cabelo para pacientes com câncer

Um dos efeitos mais visíveis para quem atravessa um tratamento contra o câncer é certamente a queda do cabelo, consequência da quimioterapia. No caso das mulheres, principalmente, é algo que afeta muito a autoestima.

Como parte das ações para o Outubro Rosa, mês que serve de alerta sobre o câncer de mama, foi lançada, em Curitiba, a campanha Amadas Mechas. O objetivo é estimular mulheres, mas também crianças e homens, que tenham o cabelo comprido, a doar mechas de cabelo para a fabricação de perucas.

A boa notícia é que quem decidir doar seu cabelo ganha ainda um corte grátis. Todas as quartas-feiras, cabeleireiros voluntários do salão Beauty House vão trabalhar para ajudar a campanha (agendamento deve ser feito pelo telefone). O ideal é que as mechas de cabelo tenham, pelo menos, cerca de 15 cm.

Mas quem cortou o cabelo em outro salão ou mesmo em casa e quer contribuir com a Amadas Mechas, também pode participar! Basta entrar em contato com a iniciativa através da página da campanha no Facebook.

Para interessadas/os em doar suas mechas em outros estados, basta procurar na sua cidade as entidades, associações e hospitais de tratamento de câncer mais próximos da sua casa. E se você não achou nenhum lugar, não tem problema: pode enviar sua mecha pelo correio para o endereço da Amadas Mechas – Rua Justo Manfron, 920 casa 16 – Curitiba – Paraná – CEP 83508-185

Doação de lenços

Caso você tenha cabelo curto ou não queira cortá-lo, há ainda outra maneira de ajudar mulheres que estão em tratamento contra o câncer. No Hospital das Clínicas, em Curitiba, existe um varal de lenços. No local, as pacientes encontram gratuitamente lenços de cabelo para poder levar para casa e desta maneira, ficar mais bonitas.

Em Curitiba, os lenços podem ser enviados ou entregues no mesmo endereço da Amadas Mechas, que você encontra acima. Ou então, doados diretamente no Serviço de Hematologia Oncologia do hospital (rua General Carneiro, 181).

Em São Paulo, a doação pode ser feita em diversos endereços do Banco de Lenços Flavia Flores, uma iniciativa da blogueira, escritora e palestrante gaúcha, que se tornou conhecida no país todo por sua atitude positiva ao enfrentar a doença. Flavia é autora do livro “Quimio Terapia e Beleza”. No site dela é possível encontrar várias dicas de como amarrar os lenços.

Outra iniciativa de São Paulo que também recebe doações de cabelo e distribui perucas é a Rapunzel Solidária. As mechas podem ser entregues pessoalmente ou enviadas pelo correio.

Bom, não tem desculpa para não participar, né? Vai ser com uma mecha ou vários lenços?! E não esqueça de divulgar a campanha e todas estas iniciativas nas suas redes sociais. Quanto mais gente doar, mais pacientes poderão ser atendidas.

Leia também:
A quimioterapia do amor
Um melãozinho contra câncer, fungos e moluscos

Imagem: divulgação campanha Amadas Mechas

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta