Brasileiros se unem pela Amazônia e vão às ruas protestar em 23, 24, 25, 28 e 31 de agosto!

Atualizado em 23/8/2019

Foi preciso a floresta amazônica queimar quase 20 dias e as cinzas e a fuligem provocadas pelos incêndios chegarem ao sudeste, principalmente à cidade de Sao Paulo, escurecendo o céu às 15h, para que os brasileiros compreendessem a gravidade da situação em que o país se encontra na esfera ambiental, de conservação de suas matas e biodiversidade. Mas, como diz o ditado, “antes tarde do que mais tarde”. E vamos para as ruas para protestar!

O movimento 342 Amazônia, liderado pela produtora Paula Lavigne e que reúne artistas e intelectuais engajados, sempre bastante atuantes nas redes sociais (principalmente no Instagram), propôs uma Marcha pela Amazônia, pelo Brasil, lançando a primeira iniciativa no próximo domingo, 25 de agosto, na Praia de Ipanema.

Não demorou muito para que outras cidades confirmassem a adesão e surgissem outros movimentos – Amazônia na Rua (que faz questão de dizer que é apartidário, mas ativista ambiental), SOS Amazônia – e hashtags. A que parece integrar todos os protestos é #TodosPelaAmazônia, acompanhada de #PrayForAmazon, que viralizou nas redes sociais rapidamente, esta semana.

Até ontem, onze cidades haviam aderido. Hoje, a última atualização, divulgada pelo coletivo Engajamundo, dá conta de 49 cidades, em 24 estados, sendo que o dia 24 é o que mais concentra mobilizações: 32. E há cidades que participarão em mais de um dia: Rio de Janeiro (23 e 25) e Manaus (24 e 25).

Assim, teremos manifestações em três dias consecutivos – 23, 24, 25 – e outros dois, quase no final do mês (28 e 31 de agosto), nas seguintes cidades (já confirmadas):
23 de agosto: São Paulo e Santos (SP), Rio de Janeiro e Rio das Ostras (RJ), Curitiba e Londrina (PR), Salvador (BA), Brasília (DF), Atalanta (SC), Juazeiro do Norte (CE), Vitória (ES);
24 de agosto: Belo Horizonte, Juiz de Fora, Uberlândia e Montes Claros (MG), Manaus (AM), Ribeirão Preto, São Carlos, Campinas, Marília, Bauru e Sorocaba (SP), Teresina (PI), João Pessoa (PB), Recife (PE), Natal e Mossoró (RN), Fortaleza (CE), Porto Alegre, Caxias do Sul e Imbé (RS), Porto Velho (RO), Belém (PA), Goiânia (GO), São Luís (MA), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Palmas (TO), Aracaju (SE), Maceió (AL), Foz do Iguaçu (PR), Joinville e Chapecó (SC).
25 de agosto: Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Florianópolis (SC), Manaus (AM), Arraial da Ajuda (BA), Campina Grande (PB), Santa Maria (RS).
28 de agosto: Cuiabá (MT).
31 de agosto: Santo André (SP), Santarém (PA).

Abaixo, veja o calendário divulgado pelo movimento Engajamundo:

Mantive o calendário do movimento #342Amazônia, em 22/8, pra quem quiser consultá-lo também:

Também devem acontecer atos em defesa da floresta no exterior. Uma passeata organizada por brasileiros em Sidney, na Austrália, já está confirmada. A medida que recebermos outras noticias, atualizaremos esta página.

A destruição acelerada da floresta amazônica está matando toda sua biodiversidade e pessoas que nela habitam, colocando em risco os povos tradicionais – indigenas, quilombolas, ribeirinhos – e também destruindo a reputação do país no mundo. Não são poucos os países que nos ameaçam co sanções econômicas brutais e boicotes aos produtos brasileiros, um país que, há muitos anos, tem imagem de excelência na exportação agropecuária. 

Nao dá mais pra deixar passar! É contra o desmatamentoque cresceu 88% em junho e 278% em julho na comparação com iguais períodos de 2018! –, contra as políticas anti-ambientais do governo, contra a gestão fraudulenta, destruidora e mentirosa do ministro (condenado pela Justiça paulista) Ricardo Salles, pela proteção da Amazônia e de todos os biomas brasileiros!

Fonte: 342 Amazônia, Engajamundo

Foto: Daniel Breta/Greenpeace

Mônica Nunes

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na revista Claudia, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, da mesma editora, considerado pela United Nations Foundation como o maior portal no tema. Integrou a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade e, em 2015, participou da conferência TEDxSãoPaulo.

3 comentários em “Brasileiros se unem pela Amazônia e vão às ruas protestar em 23, 24, 25, 28 e 31 de agosto!

  • 22 de agosto de 2019 em 3:10 PM
    Permalink

    Lages SC dia 25 estará na rua também!!!

    Resposta
  • 23 de agosto de 2019 em 10:30 AM
    Permalink

    sou de Ribeirão Preto/SP. Por favor, poderia informar a onde será o ponto de encontro??? Obrigada.

    Resposta
  • 26 de agosto de 2019 em 8:05 PM
    Permalink

    Acho otimo que os BRASILEIROS estejam a tomar alguma posse do que está a acontecer na Amazonia , temos que tomar conta da nosso natureza principalmente da amazonia onde está a acontecer este enorme desastre num lugar tão mágico e expecial.

    Resposta

Deixe uma resposta