Coisa de preto

A arte de Rosana Paulino denuncia a posição da mulher negra na sociedade brasileira e a violência por ela sofrida, decorrente do racismo e das marcas deixadas pela escravidão

Ler mais

Raízes sem chão

“Cão sem Plumas”, poema de João Cabral de Melo Neto, virou espetáculo de dança e filme. Tela e palco. Imagem e realidade constroem um só lugar. A estrada. A história do rio e das vidas

Ler mais

Entre placas de tristeza e poesia nos muros

De uma hora para outra comecei a ver casas mais antigas, algumas de madeira, demolidas no bairro onde moro, em Curitiba. Vi muitos espaços em demolição, usados para gravar poesia, árvores em risco, rios com águas suspeitas…

Ler mais

O tal do sábio

A Bienal Internacional de Curitiba mostra o florescimento artístico da China, em obras, como a de Ai Nisha. Nela há ruína, solidão e mágica trágica. A fonte da existência e a não-existência. O yin yang do universo. O bem, o mal

Ler mais

Ganhar asas. É demais para nós?

Queria voar. Eu sei, você também…  Não? Tem medo de vertigem? Calma, se você fosse transformado em pássaro, isso passaria. Passaríamos, como passarinhos, a ter as características dos bichos

Ler mais

A bolha da intolerância

Não tem como deixar a polêmica da semana anterior passar em branco. Não há como permanecer numa bolha, aprisionado. Ela acaba estourando. E aí, vira tudo aquela gosma…

Ler mais

A Rainha do Papel de Bala está precisando de ajuda

Efigênia Rolim enxerga o lúdico e o bonito naquilo que é feio e descartável. A artista tem o poder de ressignificar lixo em arte. Mas apesar do reconhecimento e obras em museu, está em dificuldades

Ler mais

Para não engavetar o tempo

Tantas construções que nos engavetam… E nos desconectam da natureza… O coletivo cubano Los Carpinteros as codifica assim. Em aquarela, em madeira, em sentimento de opressão civilizatória mais do que metafórica

Ler mais

Carinho e respeito onde menos se espera

O sentimento transmitido nas telas de Toulouse-Lautrec, em exposição no Masp, é o carinho pelas pessoas retratadas. Havia proximidade. Ele era admitido na outra intimidade, nessa que não é íntima aos frequentadores dos bordéis

Ler mais

Caminhar nas águas

São Paulo tem mais de 300 córregos recolhidos em sua significância, desaparecidos, compulsoriamente escondidos, sem que a população tenha noção da sua existência. Mas eles estão todos lá embaixo, correndo estrangulados

Ler mais