Da Bobina de Tesla à Bobina de Breno

Em pleno século XXI, permitir que os estudantes se dediquem ao que desejam ainda é muito inovador. Mas está mais que provado que são estes que aprendem muito mais

Ler mais

Escola forte não é escola brava

Enquanto a escola brava exclui os que não acompanham seu ritmo, a escola forte acolhe as diferenças. A brava aposta na vigilância, enquanto que a forte entende que não há educação sem vínculo, e aposta na confiança, no afeto construído com amor e na qualidade das relações. A brava aposta no medo, a forte, no desejo

Ler mais