Ativistas e celebridades internacionais usam redes sociais para falar sobre queimadas na Amazônia

Ativistas e celebridades internacionais usam redes sociais para falar sobre queimadas na Amazônia

*Atualizado às 17h13

A Amazônia Brasileira em chamas está nas manchetes do mundo inteiro. Os incêndios florestais, comuns nessa época do ano por causa do período de seca, são maiores do que em anos passados. Enquanto o presidente Jair Bolsonaro acusa levianamente organizações não-governamentais de serem responsáveis pela tragédia ambiental, o governo não anuncia nenhuma medida para enfrentar o fogo.

Na internet, vários ativistas e celebridades internacionais usaram suas redes sociais para falar sobre a destruição da floresta.

“A floresta tem um papel fundamental no equilíbrio do clima na Terra e, consequente, em nossas vidas. Não podemos fechar os olhos para o que está acontecendo na Amazônia. As queimadas crescentes vêm destruindo em dias o que a natureza leva anos, séculos para construir. Eu já estive lá e pude ver de perto como tudo acontece, especialmente como os oportunistas se aproveitam da época das secas para botar a floresta abaixo. O desmatamento na Amazônia tem que parar!! Pela nossa saúde e pela saúde do nosso Planeta!”, escreveu a modelo e ativista ambiental brasileira Gisele Bündchen, no Instagram e no Twitter.

A bordo de um veleiro, rumo à Cúpula do Clima, em Nova York, a jovem ativista sueca Greta Thunberg postou também. “Mesmo aqui no meio do Oceano Atlântico, eu ouço sobre a quantidade recorde de incêndios devastadores na Amazônia. Meus pensamentos estão com os afetados. Nossa guerra contra a natureza deve acabar”, alertou.

Além delas, o ator americano Leonardo DiCaprio, uma das mais importantes vozes, em Hollywood, na luta para combater o aquecimento global, há dias se manifesta no Instagram sobre o assunto.

“A Amazônia brasileira – lar de 1 milhão de indígenas e 3 milhões de espécies – está queimando há mais de duas semanas. Houve 74 mil focos de incêndios desde o início deste ano – um aumento impressionante de 84% em relação ao mesmo período do ano passado (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, Brasil). Cientistas e conservacionistas atribuem a aceleração do desmatamento ao presidente Jair Bolsonaro, que lançou um convite aberto para que madeireiros e fazendeiros limpassem a terra depois de tomar posse em janeiro”, criticou o Embaixador pela Paz das Nações Unidas.

Até este momento, mais de 2 mihões de pessoas já “curtiram” o post, acima, de Leonardo DiCaprio, 440 mil o de Gisele e o de Greta teve 11 mil retuítes.

Outros nomes conhecidos também usaram as redes sociais para lamentar sobre o que ocorre na Amazônia, entre eles, os jogadores de futebol Cristiano Ronaldo e Kylian Mbappé, o tenista Novac Djokovic, o piloto Lewis Hamilton, a comediante e apresentadora Ellen DeGeneres, o ator do filme Star Wars, Mark Hamill e Scott Kelly, astronauta da NASA.

Muitos deles compartilharam as hashtags #PrayForAmazon (Reze pela Amazônia) e #ActForTheAmazon (Aja pela Amazônia), que estão entre as mais comentadas na internet no momento.

É muito triste ver o Brasil na mídia por algo tão triste. E saber que apesar de toda comoção mundial, o governo atual despreza a ajuda financeira internacional em um momento tão crítico para a maior floresta tropical do planeta.


*Devido à repercussão mundial frente ao avanço das queimadas na Amazônia, no final da manhã de hoje, o presidente Jair Bolsonaro anunciou que fará o envio de homens do exército para ajudar no combate ao fogo na região.

Leia também:
Ministra da Agricultura critica ativismo ambiental de Gisele Bündchen
Gisele Bündchen chora ao sobrevoar áreas desmatadas na Floresta Amazônica
Jovem ativista pelo clima, Greta Thunberg, é indicada ao Nobel da Paz
Greta Thunberg é nomeada ‘Game Changer of The Year’ pela revista britânica GQ
Greta Thunberg fala no parlamento francês, dribla os deputados conservadores e envia mensagem para jovens brasileiros
Leonardo DiCaprio e dois filantropos bilionários criam aliança para combater crise climática e perda da biodiversidade
Leonardo DiCaprio produz e narra novo documentário sobre crise climática: “Gelo em Chamas”

Fotos: reprodução internet

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta