Anunciadas as (lindíssimas) imagens finalistas da competição internacional Bird Photographer of the Year

Bird Photographer of the Year

Flagrantes únicos e impressionantes. Idealizada pela Nature Photographers e pelo British Trust for Ornithology, o concurso internacional de fotografia Bird Photographer of the Year tem como objetivo celebrar a diversidade e a beleza do universo das aves.

Criada em 2016, esta é a terceira edição da competição, que convida fotógrafos amadores e profissionais do mundo todo a enviar suas imagens para concorrer ao grande prêmio de 5 mil libras.

O concurso é dividido em sete categorias e ainda, duas menções especiais: Melhor Retrato; Atenção aos Detalhes; Ambiente; Comportamento, Voo, Aves Urbanas e Jardim e Imaginário Criativo e Jovem Fotógrafo de Aves do Ano (até 16 anos).

Este ano, entre os finalistas recém-divulgados, estão duas fotos feitas no Brasil, por um fotógrafo da República Tcheca, Petr Bambousek, ambas no Pantanal. Uma delas é o casal de tucanos, que aparece logo abaixo.

Os nomes dos vencedores serão anunciados no dia 20 de agosto.

Confira abaixo algumas das fotografias finalistas:

Fotos: divulgação Bird Photographer of the Year 

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para várias publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, acaba de mudar para os Estados Unidos

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para várias publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, acaba de mudar para os Estados Unidos

Deixe uma resposta