Alemanha terá primeiro trem não poluente do mundo, movido a hidrogênio

Alemanha terá primeiro trem não poluente do mundo, movido a hidrogênio

Só vapor e água condensada serão liberados no ar pelo Coradia iLint. Este é o nome do trem de passageiros, que entrará em funcionamento no ano que vem, na região da Baixa Saxônia, no noroeste da Alemanha.

Este é o primeiro veículo sobre trilhos do mundo movido a hidrogênio. A tecnologia, desenvolvida pela empresa francesa Alstom, garante a emissão zero de poluentes na atmosfera, ou seja, não há produção de CO2, o gás carbônico, um dos principais responsáveis pelo aquecimento global. A nova tecnologia permite ainda que o trem seja extremamente silencioso.

Durante os próximos meses, o “hydrail” – como também está sendo chamado -, passará por um período de testes nas linhas de Buxtehude-Bremervörde-Bremerhaven-Cuxhaven. A previsão é que, somente em dezembro de 2017, ele esteja em pleno funcionamento para o público.

Apesar do investimento em trens elétricos, atualmente os cerca de 4 mil vagões de trem que circulam pela Alemanha são movidos a diesel, combustível fóssil bastante poluente (sua queima libera o CO2).

O tanque a hidrogênio do Coradia iLint tem autonomia para percorrer entre 600 e 800 km e pode atingir até 140 km por hora. Os dois vagões acomodam até 300 pessoas, sendo 150 delas sentadas.

Toda a energia produzida pelo sistema é armazenada em baterias de íon-lítio, inclusive o excedente. Segundo o site Science Alert, os governos da Dinamarca, Noruega e Holanda já demonstraram interesse em fazer testes com o trem de hidrogênio.

O investimento em tecnologia limpa é mais uma iniciativa para que o país atinja uma meta ambiciosa, estabelecida em 2011. O plano nacional alemão Energiewende (transição energética, em português) prevê que a emissão de gases de efeito estufa seja reduzida entre 80% e 95% nos próximos anos, as usinas nucleares sejam fechadas até 2022 e que, até 2050, 60% da energia produzida no país seja renovável.

No mundo todo, buscam-se novas alternativas – mais verdes e sustentáveis – para o transporte público urbano. No ano passado, mostramos neste outro post, por exemplo, como o metrô de Londres recicla a energia gerada pelos freios dos vagões. Já na Holanda, a partir de 2018, todos os trens do país serão movidos somente com energia eólica.

alemanha-trem-nao-poluente-mundo-movido-hidrogenio-2-conexao-planeta
O Coradia iLint, trem movido a hidrogênio, tem autonomia para percorrer até 800 km com um tanque

Leia também:
O domingo em que 95% da energia da Alemanha veio de fontes renováveis
A era do carvão chegou ao fim
Dinamarca bate novo recorde mundial: 42% da energia produzida no país é eólica
Mercado brasileiro de energia solar espera crescimento de 300% em 2016
Como o Uruguai conseguiu ter 95% de sua eletricidade gerada por fontes renováveis?


Fotos: divulgação Alstom

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Um comentário em “Alemanha terá primeiro trem não poluente do mundo, movido a hidrogênio

Deixe uma resposta