Em breve, a cerveja estupidamente gelada poderá vir em garrafa de fibra de papel 100% reciclável

Sabe a cerveja estupidamente gelada? Em breve poderá vir em garrafa de fibra de papel 100% reciclável

Se já temos caixas de papelão como embalagens para leite e sucos, por que não para cerveja? A fabricante dinamarquesa Carlsberg apresentou o desenvolvimento de dois protótipos feitos com fibras de papel.

Chamadas de Green Fibre Bottles, ambas são feitas de fibras de madeira de origem sustentável, totalmente recicláveis e possuem uma barreira interna para garantir a impermeabilidade da embalagem.

Um protótipo usa uma fina camada de filme de polímero PET reciclado e o outro filme de polímero de PEF 100% biológico. Agora a Carlsberg pretende comparar as duas tecnologias, mas seu objetivo final é criar uma garrafa com 100% de base biológica e sem polímeros.

“Embora ainda não estejamos completamente lá, os dois protótipos são um passo importante para realizar nossa ambição final de trazer essa inovação ao mercado”, diz Myriam Shingleton, vice-presidente de Desenvolvimento do Grupo Carlsberg. “Inovação leva tempo e continuaremos a colaborar com os principais especialistas para superar os desafios técnicos remanescentes, assim como fizemos com o nosso Snap Pack de redução de plástico”.

O ‘snap pack’ a que a executiva se refere foi um lançamento realizado no ano passado. Para dar fim aos anéis de plástico que algumas empresas usam para vender pacotes de seis unidades de cervejas em latas, a companhia da Dinamarca começou a utilizar uma cola que mantem uma latinha ‘grudada’ na outra.

A cerveja estupidamente gelada emm breve poderá vir em garrafa de fibra de papel 100% reciclável

Foram necessários três anos de pesquisa para chegar ao produto (na imagem acima), que diminuiu em quase 80% o uso de plástico nos multipacks e reduziu ainda o volume das emissões de carbono (gás apontado como sendo principal responsável pelo aquecimento global) durante o processo de produção.  

Anéis feitos de plástico provocam um estrago ambiental gigantesco. Descartados em qualquer lugar, acabam em rios e oceanos, onde milhares de animais são mortos porque ficam presos ou são estrangulados por eles.

O anúncio sobre os dois novos protótipos de garrafa foi feito durante o evento C40 World Mayors Summit, em Copenhague. No encontro, a empresa informou que Coca-Cola, Absolut (vodka) e L’Oréal irão se juntar ao grupo no desenvolvimento de embalagens mais sustentáveis.

Objetivo final da marca é criar uma garrafa com
100% de base biológica e sem polímeros

O Programa de Sustentabilidade Together Towards ZERO, da Carlsberg, estabelece um compromisso de emissões de carbono zero em suas cervejarias e uma redução de 30% em sua pegada de carbono da cadeia de valor total até 2030.

Leia também: 
Fabricante de cerveja cria embalagem comestível e biodegradável
Sabe aquele pão velho que estava aqui? Virou cerveja!
Será que a cerveja que você está bebendo tem agrotóxico? Provavelmente sim!
Cervejaria artesanal apoia projetos de preservação de animais em risco de extinção
Como 4 cervejas podem mudar o mundo

Fotos: divulgação Carlsberg

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta