A baleia branca mais famosa do mundo é avistada na costa da Austrália

A baleia branca mais famosa do mundo é avistada na costa da Austrália

O nome dela é Migaloo. Ela é a baleia jubarte mais conhecida da Austrália. Tem até site só pra ela. Por que razão? Porque Migaloo é uma baleia branca. Completamente branca.

Ela foi fotografada pela primeira vez em junho de 1991. Até então, ela era a única baleia branca já registrada no mundo. Ela recebeu o nome ‘Migaloo’ porque na linguagem dos aborígenes de Queensland ele se refere ao “companheiro branco”.

Em 2004, pesquisadores do Southern Cross University Whale Research Centre conseguiram coletar amostras da pele da baleia. Através delas chegaram à conclusão de que Migaloo é um cetáceo macho, provavelmente nascido em 1986. Os cientistas acreditam que a jubarte é albina*, mas seriam necessários mais testes para provar tal afirmação, então ela é considerada “hipopigmentada”.

A baleia branca mais famosa do mundo é avistada na costa da Austrália

A foto de Migaloo, na semana passada, na costa australiana

Rota de migração da baleia albina

Migaloo faz parte de uma população de 15 a 17 mil baleias jubartes da região leste da Austrália. Este é um dos muitos grupos desses animais no Hemisfério Sul, que migram da Antártica para se reproduzir em águas tropicais.

Pela sua coloração única, Migaloo fornece informações valiosas sobre o comportamento migratório das jubartes ao longo da costa australiana. Devido à esta razão, todas as embarcações, incluindo jet-skis, são proibidas de se aproximar a menos de 500 m de Migaloo e aeronaves não podem chegar a menos 2 mil pés. A multa por violar a lei é de US$ 16.500.

Ao longo dos últimos anos, Migaloo foi avistada inúmeras vezes, sempre próximo à mesma baleia jubarte macho, conhecida como “Milo”, que pode ser reconhecida por um padrão único de pigmentação. Antes disso, não se sabia que os machos da espécie viajavam com companheiros durante suas migrações.

A baleia branca mais famosa do mundo é avistada na costa da Austrália

Migaloo foi observada pela primeira vez em 1991

No final de semana passado, novamente, a baleia branca foi vista próximo a Port Douglas, ao norte de Queensland. Sua identidade foi confirmada através de marcas específicas em seu corpo. “Todas as jubartes têm marcas próprias, semelhantes às impressões digitais de um ser humano, o que nos permite distinguir os indivíduos”, explicou a organização Great Barrier Reef Legacy, em sua página no Facebook.

Outras baleias albinas já foram vistas no mundo, incluindo algumas orcas.

A baleia branca mais famosa do mundo é avistada na costa da Austrália

* O termo albinismo ou albino é usado para se referir a uma condição genética observada em todos os vertebrados. É um traço recessivo, o que significa que um animal precisa herdar um gene de albinismo de sua mãe e de seu pai para ter a doença (exceto em alguns casos raros, mas na biologia há sempre uma exceção à regra). A aparência toda branca associada ao albinismo é causada por uma mutação de um gene que regula a produção de melanina, a proteína pigmentar da pele, do cabelo e dos olhos (fonte: Kat Nikolich, naturalista, Naturalist, SpringTide Whale Watching)

Fotos: @Jenny Dean 2013 (abertura) e demais divulgação passageiros do Quicksilver Cruises & Wavedancer Low Isles e Wavelength Reef Cruises/reprodução Facebook Great Barrier Reef Legacy

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta